Está aqui

Figo da Índia

Novo sumo da Compal nasce de um segredo alentejano

Era um segredo bem conhecido dos alentejanos que, desde sempre, foram muito apreciadores das qualidades e propriedades dos figos da Índia.

Este fruto é conhecido por vários nomes: piteira, tabaibo, figo do diabo etc. mas mais conhecido é mesmo por figo da Índia (Opuntia ficus-indica).

Nasce num cato que cresce em regiões semiáridas, como o Alentejo, e existe há cerca de 9000 anos, sendo que, em algumas culturas sul-americanas, a sua importância é equiparada à do milho. Presume-se que tenha chegado à Europa por volta de 1500, pela mão de navegadores espanhóis.

ÉVORA SERÁ A CAPITAL DO NACIONAL DO FIGO DA ÍNDIA

Será a 17 de junho, data da celebração do Dia Mundial do Combate à Seca e à Desertificação que a APROFIP – Associação de Produtores de Figo da India Portugueses, quis assinalar com a realização do 2º Encontro Nacional do Figo da India, numa unidade hoteleira de Évora.