Está aqui

Estudo

Alcácer do Sal testa Rendimento Básico Incondicional

Um grupo de empreendedores e investigadores está a preparar, em Alcácer do Sal, uma das primeiras abordagens nacionais à atribuição do Rendimento Básico Incondicional (RBI) no emprego e no bem-estar dos profissionais e da comunidade em que se inserem, avança o jornal Expresso.

O objetivo da iniciativa é estudar o impacto da atribuição de um rendimento básico a cada cidadão, independentemente da sua situação financeira (ao contrário do que sucede no rendimento social), familiar ou profissional, que seja suficiente para permitir uma vida com dignidade.

ZERO diz que PAC tem apoiado projetos agrícolas que “destroem habitats”

A associação ZERO critica o apoio comunitário concedido a projetos agrícolas “que destruíram habitats protegidos” na área do Alqueva, esperando que sejam tomadas medidas para evitar que a nova Política Agrícola Comum (PAC) siga “o mesmo caminho”.

Em comunicado enviado à agência Lusa, “a ZERO verifica que se continua a subsidiar um modelo agrícola destrutivo do ambiente, perante a ineficácia das entidades públicas e corrompendo os próprios objetivos das medidas da PAC”.

Estudo da EDP em Évora mostra poupança de 7% em mercados locais de energia

A EDP anunciou que, num projeto piloto designado “Dominoes”, em que famílias e empresas trocam eletricidade consoante as necessidades específicas em períodos específicos do dia, foi possível concluir que esta compra e venda local de energia permitiu poupanças para os seus consumidores.

Em comunicado, citado pelo Jornal de Negócios, a empresa sublinha ter “estudado com sucesso as vantagens da criação de mercados locais de energia e flexibilidade, num projeto piloto, em que famílias e empresas trocam eletricidade consoante as suas necessidades em períodos específicos do dia”.

93% dos portugueses irão optar pelo turismo nacional este verão

Dos portugueses que irão viajar este verão, 93% optarão pelo turismo nacional, conclui o TheFork, numa análise elaborada ao comportamento e escolhas dos clientes portugueses relativamente às suas viagens em 2021.

De acordo com este estudo, citado pela Publituris, 89% dos portugueses aproveitarão para viajar este ano, e com vontade de desfrutar da restauração, com 76% dos cidadãos a planear ir mais frequentemente aos restaurantes durante as suas férias do que no resto do ano.

Preços das casas no litoral de Beja sobem 11,4%

O preço das casas no litoral português aumentou 3,9% em abril de 2021 quando comparando com o mesmo mês do ano anterior, com o metro quadrado (m2) a fixar-se em 1.371 euros, revela um estudo realizado pelo portal Idealista.

De acordo com o Jornal Económico, as casas no litoral de Beja foram as que ficaram mais caras no período analisado, com os preços a aumentarem de 11,4% para 1.932 euros por m2.

Agricultura intensiva contribui para declínio de sobreiros e azinheiras

Um estudo do Instituto Superior de Agronomia (ISA) analisou o “enorme declínio” de sobreirais e azinheirais no país nos últimos 50 anos e concluiu que a agricultura intensiva tem tido influência no decréscimo de ambas as espécies, avança a Lusa.

A equipa identificou também uma relação entre o aumento da temperatura média anual e a perda de coberto de sobreiros, assim como um decréscimo de azinheiras em áreas onde há uma maior exploração de gado bovino, afirmou a investigadora do Centro de Ecologia Aplicada do ISA responsável pelo estudo, Vanda Acácio.

Hospital Espírito Santo de Évora aumenta a sua eficiência em 2020

A Coimbra Business School (CBS) efetuou um estudo a 37 unidades hospitalares nacionais e só dois aumentaram a sua eficiência em 2020, um ano marcado pela pandemia: o Hospital Espírito Santo de Évora (HESE) e o Centro Hospitalar Póvoa de Varzim-Vila Conde.

A investigação da Coimbra Business School ateve por base dados disponibilizados pelo Serviço Nacional de Saúde. A pandemia terá tido um impacto forte nestes resultados, mas, no caso alentejano, nem isso impediu o HESE de aumentar e melhorar os seus índices de eficiência.

Culturas de regadio utilizam 75% da água em Portugal

O setor agrícola é responsável por 75% do total de água utilizada em Portugal, acima da média da União Europeia (24%) e mundial (69%), devido às culturas de regadio, segundo um estudo da Fundação Calouste Gulbenkian.

De acordo com agência Lusa, o estudo “O uso da água em Portugal – olhar, compreender e atuar com os protagonistas chave”, encomendado pela fundação ao C-Lab – The Consumer Intelligence Lab, revelou que esta percentagem está em linha com o que se verifica nos países mediterrâneos, como Espanha (79%) e Grécia (81%), o que acontece devido à existência de regadio.

Temperaturas no Alentejo deverão aumentar 2 a 3 graus nos próximos anos

Até 2100, as temperaturas médias em Portugal, em especial no Alentejo, deverão sofrer um aumento de dois a três graus, podendo verificar-se, nos meses de verão, máximas diárias acima dos 40ºC. A informação é revelada por um estudo realizado por investigadores da Universidade de Aveiro.

Universidade de Évora cria Manual de Boas Práticas Agrícolas com imagens de satélite

Um grupo de investigadores e técnicos da Universidade de Évora criou o “'Manual de Boas Práticas Agrícolas: Agricultura de Precisão com Imagens de Satélite”, em conjunto com o Centro de Investigação Científica e Tecnológica da Extremadura (CICYTEX), em Espanha, o Instituto Politécnico de Beja e o Instituto Pedro Nunes e a FEVAL (Instituição de Feiras da Extremadura).

Páginas