Está aqui

Crescimento

Felicidade e tristeza – uma batalha que está a começar

Às vezes, canso-me de ser feliz. Sinto que mereço os meus dias de tristeza também. Afinal de contas, o ser humano precisa disso também, certo? Somos construídos por estes dois elos. Alimentados por eles. Como um girassol que implora por água e sol. Eu preciso de me sentir assim. Corre ao longo do meu frágil corpo. É inevitável. Chego ao ponto de ter saudades desta mágoa. Já estou moldada. Construída. E como esta folha que voa aos círculos, eu sigo o caminho com ela.

Porto de Sines quer atingir "crescimento de dois dígitos" nos contentores

É o porto líder em Portugal e é o que mais cresceu na Europa nos últimos cinco anos: o porto de Sines e espera, em 2020, conseguir chegar a um crescimento de dois dígitos, no que diz respeito à carga de contentores.

Em 2019, o Porto de Sines teve uma pequena quebra no número de contentores de cerca de 12%, mas a administração do porto de Sines espera que, em 2020, o porto alentejano possa recuperara e garantir um crescimento de dois dígitos.

Volta, renasce

Dirijo o meu olhar para o céu revoltado pintado com um cinzento triste. A minha face está preenchida de lágrimas pesadas e grossas. Elas queimam à medida que fazem o seu percurso. As minhas pestanas estão fracas e frágeis.Busco uma resposta tua. Afinal de contas, é onde moras agora, certo?

Se os meus olhos pudessem falar, neste momento, eles berravam. Berravam de arrependimento, de desespero, angústia e, sobretudo, tristeza.
Tantos sentimentos misturados que nem sei por onde começar.

Porquê?

TODOS OS CAMINHOS VÃO DAR AO ALENTEJO

Se antes “todos os caminhos iam dar a Roma”, parece que o novo destino de eleição dos turistas internacionais é o Alentejo. Segundo os últimos dados avançados pelo Instituto Nacional de Estatística, dia 16 de fevereiro, o Alentejo teve o seu melhor ano turístico de sempre em 2015. Ultrapassando a barreira de meio milhão de dormidas de turistas internacionais. Tendo um crescimento de 14,1% face a igual período do ano transato.

TURISMO ALENTEJANO EM CRESCIMENTO

Acompanhando a tendência nacional, que bateu recordes este ano, as dormidas no Alentejo aumentaram 21,1% em Julho de 2015, comparativamente ao mesmo mês de 2014. Da mesma forma que, segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), todas as regiões do país registaram aumentos nas dormidas, tendo sido o Alentejo a região com o maior crescimento (21,1%), seguida da Região Norte (12,8%), Centro (12,5%) e Açores (12%).