Está aqui

Casa do Alentejo

"Casa do Alentejo" faz 99 anos

Os primórdios da Casa do Alentejo remontam ao início do séc. XX, quando as graves dificuldades vividas no Alentejo forçaram à emigração das populações do mundo rural para a cidade, em especial para Lisboa e periferias.

Desenraizados das suas terras, os emigrantes alentejanos desejam criar instituições, que lhes permitam o convívio entre com provincianos e os ajudem a amenizar a nostalgia das suas paisagens, amigos e familiares distantes, mas vão, igualmente, procurar intervir e manter vivas as tradições culturais da sua região de origem.

Casa do Alentejo em Lisboa celebra Estremoz

É já a partir de amanhã, dia 25 de maio, que a Casa do Alentejo em Lisboa celebra Estremoz com mostras do “melhor do concelho”, entre produções várias e atividades culturais, até dia 28 de maio, sábado.

Casa do Alentejo recorda Abril revivendo passado de resistência

A Casa do Alentejo, em Lisboa, vai recordar Abril  e os episódios de Resistência ocorridos neste marco do Alentejo na capital.

Casa do Alentejo em Lisboa pode e deve ser espaço de afirmação do território

A CASA DO ALENTEJO EM LISBOA PODE E DEVE SER ESPAÇO DE AFIRMAÇÃO DO TERRITÓRIO COM O CONTRIBUTO FORMAL DOS MUNICÍPIOS

A Casa do Alentejo em Lisboa é um espaço importante da identidade regional que tem estado sujeita a diversas vicissitudes acentuadas com as limitações pandémicas, em especial, com os impactos nas dinâmicas da restauração e do turismo.

A Casa do Alentejo pode fechar portas; os Verdes já entregaram uma resolução na AR

A icónica Casa do Alentejo, em Lisboa, pode ser mais uma vítima da Covid-19.

As fortes repercussões económicas e financeiras a que a pandemia, após a perda de 80% das receitas, pode levar ao encerramento deste espaço que é classificado como uma embaixada alentejana em Lisboa.

Situada na Baixa Pombalina num antigo palacete dos finais do século XVII, edificado entre dois troços da muralha Fernandina, era pertença dos Viscondes de Alverca, foi ocupado pelo Grémio Alentejano, em 1932, já depois da fundação da Associação Regionalista Casa do Alentejo, em 1923.

Casa do Alentejo em Lisboa sobrevive à pandemia e volta a abrir portas

A Associação Regionalista Casa do Alentejo, fundada em 10 de Junho de 1923, tida por muitos como a grande embaixada do Alentejo na capital, passou por dificuldades financeiras e de tesouraria devido ao impacto do Covid 19, que forçou o encerramento do seu famoso restaurante.

A Direcção daquela associação decidiu aderir ao Lay Off simplificado a 19 de Março de 2020, para "garantir os postos de trabalho e alguma folga financeira". O que é certo é que passado o pior, pelo menos para já, a Casa do Alentejo anuncia que reabriu o seu restaurante e a atividade.

Casa do Alentejo em Lisboa entra em Lay Off por causa do Covid 19

A Associação Regionalista Casa do Alentejo, fundada em 10 de Junho de 1923, tida por muitos como a grande embaixada do Alentejo na capital, está a passar por dificuldades financeiras e de tesouraria devido ao impacto do Covid 19, que forçou o encerramento do seu famoso restaurante.

Casa do Alentejo recebe gala solidária com doentes de São Tomé e Príncipe

A Casa do Alentejo em Lisboa está a organizar uma gala solidária com os doentes de São Tomé e Príncipe com junta médica em Portugal e que tem o apoio institucional da embaixada daquele país africano e que conta com a artista caboverdiana Lura como madrinha do evento.

O jornalista revolucionário e militante, homenageado na Casa do Alentejo

A Direcção da Casa do Alentejo, a Comissão Executiva e Conselho Nacional da CGTP-IN, a Direcção de "A Voz do Operário" e o PCP, organizam uma sessão de homenagem ao jornalista e sindicalista Fausto Gonçalves e aos 120 anos que marcam a data do seu nascimento. 

Corais da Diáspora Alentejana juntam-se em Comboio do Cante com destino à Ovibeja

A Casa do Alentejo, a Associação de Agricultores do Sul e a Câmara Municipal de Beja convidaram e os 25 Grupos Corais da Diáspora Alentejana da Região de Lisboa e Setúbal voltaram-se a mobilizar para a iniciativa.

A 28 de abril 550 participantes vão apanhar o "Comboio do Cante" na Estação do Oriente com destino à 35ª edição da Ovibeja e participarão já em Beja num desfile no recinto da Feira, para além de atuarem em diversos Pavilhões da mesma.

A Ovibeja, que promete ser esta ano "a maior de sempre", decorre de 27 de abril a 1 de maio, em Beja.

Páginas