Está aqui

Câmara Municipal de Castelo de Vide

Governo aprova apoio de 976 mil euros para Casa Salgueiro Maia

O Governo autorizou a Direção Regional de Cultura do Alentejo (DRCA) a reprogramar os encargos referentes à instalação da Casa da Cidadania Salgueiro Maia, em Castelo de Vide, num valor superior a 976 mil euros, avança a Lusa.

A partir de uma portaria publicada em Diário da República (DR), a secretária de Estado do Orçamento, Cláudia Joaquim, e a secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural, Ângela Carvalho Ferreira, autorizaram a reprogramação dos encargos no “montante total de 976.465” euros.

Festival “Sons com História” regressa a Castelo de Vide em agosto

O Festival “Sons com História” vai decorrer nos dias 21 e entre 27 e 29 de agosto em Castelo de Vide, em locais considerados “emblemáticos” da vila alentejana, anunciou a câmara municipal à agência Lusa.

Esta segunda edição contempla três espetáculos e uma missa cantada, revela ainda a organização. No ano passado, o certame foi adiado devido à pandemia da covid-19, mas este ano a organização quer retomar a iniciativa, cujo “pontapé de saída”, no dia 21 de agosto, vai ser dado com um concerto na Praça de Armas do Castelo local, pelas 21:30.

Castelo de Vide abre Centro de Interpretação Garcia d’Orta no próximo verão

O Centro de Interpretação dedicado à vida e obra do médico Garcia D’Orta vai abrir ao público em Castelo de Vide no próximo verão, adianta a Rádio Portalegre.

As obras da última fase de reabilitação e adaptação do antigo edifício das Termas de Castelo de Vide para Centro de Interpretação tiveram um custo global de dois milhões de euros, tendo ficado concluídas este mês de dezembro.

Castelo de Vide tem o orçamento “mais elevado de sempre” para 2021

O orçamento da Câmara Municipal de Castelo de Vide para 2021 é superior a 11,1 milhões de euros, sendo “o mais elevado de sempre”, afirmou à agência Lusa o presidente do município.

António Pita, que está a cumprir o segundo mandato, eleito pelo PSD, disse que este “é um orçamento histórico por ser de longe o mais elevado de sempre, com mais de 11,1 milhões de euros, graças à receita prevista por via de fundos comunitários”.