Está aqui

Barrancos

Azeite de Moura e Barrancos vence medalha de prata no Japão

Acabaram de sair os resultados do concurso internacional ‘Olive Japan 2018’, que reconheceu e homenageou os melhores azeites do mundo – tendo o Azeite Virgem Extra Premium da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos (CAMB) tendo sido novamente premiado, desta vez com uma medalha de prata.

Portel, Barrancos e espanhóis criam Sierra Sur Oeste

Contra os incêndios todas as forças são poucas e os municípios alentejanos de Portel e Barrancos uniram-se aos concelhos espanhóis de Villanueva del Fresno, Higuera la Real, Jerez de los Caballeros, Oliva de la Frontera, Salvaleón, Salvatierra de los Barros, Valencia del Mombuey, Valle de Matamoros, Valle de Santa Ana e Zahínos, e juntos criaram a “comunidade Sierra Sur Oeste”.

Moura e Barrancos batem recorde de produção de azeitona

A Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos, no Baixo Alentejo regista já uma campanha recorde ainda antes desta ter terminado, com a entrada de 45 milhões de quilos de azeitona recolhida e que significa uma taxa de "crescimento de 95% face à produção" da campanha anterior.

UMA NOVA MINA EM BARRANCOS?

Já foi publicado em Diário da República – a 29 de novembro de 2017 – o interesse da empresa americana Godolphin Mining Services LLC em realizar prospeção e pesquisa de depósitos em Barrancos, tendo, para tal, já requerido a devida licença.

Serão sobretudo o cobre e chumbo os minerais que provocam o interesse desta empres pelo ALentejo, numa pesquisa que incide sobre 73 km2 do concelho de Barrancos.

A Direção de Serviços de Minas e Pedreiras da Direção-Geral de Energia e Geologia está ainda a analisar o pedido de patente.

 

Imagem de marxismo.org.br

BARRANCOS CORRE PARA SALVAR LINCE IBÉRICO

O Lince Ibérico, um dos últimos símbolos da nossa vida selvagem, esteve à beira de desaparecer até ao final do século XX, quando restavam apenas cerca de 100 exemplares. O país suspendia a respiração sempre que passava algum tempo sem que desse sinal, e estarrecia quando sabia que o tinham visto algures, errante e distante da sua principal ameaça, o homem.

BAIXO ALENTEJO COM 7,4 MILHÕES PARA REFORÇAR ABASTECIMENTO DE ÁGUA

A empresa responsável pela gestão do abastecimento público de água do Baixo Alentejo, a Águas Públicas do Alentejo vai investir 2,6 milhões de euros para reforçar o abastecimento aos concelhos de Barrancos, Mértola, Moura e Serpa.

As obras incluem o reforço do sistema de adução ao eixo Serpa – Moura e a ligação à ETA do Enxoé que vai sofrer um investimento de 4,8 milhões para ampliação.

COOPERATIVA AGRÍCOLA DE MOURA E BARRANCOS NOMEADA PARA OS PRÉMIOS MAIS ALENTEJO

A CAMB (Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos) foi nomeada pela revista Mais Alentejo para a categoria “Mais Azeite” da XVI Gala Óscares do Alentejo – um evento que irá realizar-se no próximo dia 3 de novembro, no Casino Estoril, com o objetivo de premiar e reconhecer as personalidades, as instituições e os projetos que mais e melhor representam a qualidade do que nasce no Alentejo.

MOURA E BARRANCOS LANÇAM AZEITE ALENTEJANO COM AROMA A MAÇÃ

A Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos juntou a um dos seus melhores azeites, o Azeite Virgem Extra Premium CAMB, um aroma de erva e maçã verde. De textura fina, o azeite revela um ligeiro sabor amendoado, em contraste com um amargo moderado e um fim picante.

O Azeite Virgem Extra Premium CAMB leva uma já longa lista de distinções onde destacamaos a medalha de ouro em 2016 em Los Angeles, nos Estados Unidos, duas estrelas de ouro ITQI Bruxelas, uma medaha de ouro do International Olive Oil Council) e uma medalha de ouro em Nova Iorque em 2017.

BARRANCOS É 1.º LUGAR NO RANKING DO DESEMPREGO NACIONAL

O jornal Dinheiro Vivo elaborou um ranking com base nos dados mais recentes publicados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional e pelo Instituto Nacional de Estatística, que não dispõe de dados atualizados em relação à população activa e concluiu que a Vila de Barrancos, no Baixo Alentejo, tem o valor mais alto  de desemprego do país, com um rácio de 10,4%.

Apesar destes rácios subestimarem a taxa de desemprego uma vez que contabilizam a população total do concelho, idosos, estudantes, todos os inativos, Barrancos apresenta o mais alto valor de desemprego do país.

CAMIÕES EM BARRANCOS? SÓ POR ESPANHA

Para se chegar a Barrancos, os veículos pesados são obrigados a fazê-lo por Espanha.

O problema é que a ponte sobre o rio Ardila, na EN 386 (Barrancos – Amareleja - Barrancos), foi condicionada a veículos pesados com carga máxima superior a 10 toneladas, a 30 de maio, juntando-se à ponte sobre o rio Múrtega, onde não existe proibição, mas que “apresenta um visível estado de degradação, sem qualquer intervenção significativa há dezenas de anos”, como refere uma Moção de Protesto contra o comportamento da empresa Infraestruturas de Portugal apresentada pela autarquia local.

Páginas