Alentejo Litoral

ARTE E MÚSICA MEDITERRÂNICA NO SETE SÓIS, SETE LUAS EM ODEMIRA

Odemira recebe a 25ª edição do Festival Sete Sóis Sete Luas, com a arte e a música do Mediterrâneo e do mundo lusófono. O programa integra espetáculos musicais, uma grande performance de rua e uma exposição de pintura, nos dias 16, 17, e 30 de setembro, respetivamente.

CAÇA, PESCA E CÃES DE MATILHA NUMA FEIRA MAIOR EM ODEMIRA

Odemira, na Costa Alentejana, recebe entre 2 e 3 de setembro a Feira da Caça Maior & Pesca Desportiva, numa organização conjunta da Câmara Municipal de Odemira, a Junta de Freguesia de S. Teotónio e as Associações de Caçadores e Pescadores do Concelho.

SANTIAGO DO CACÉM INVESTE 2 MILHÕES EM RENOVAÇÃO DE ESCOLAS

O município de Santiago do Cacém, no Litoral Alentejano, aprovou a abertura de concurso público para renovação da Escola Básica n.º 4 de Santo André, num investimento total de 1 milhão e 7 mil euros. 

A obra vai beneficiar cerca de 220 crianças que frequentam o 1.º ciclo do ensino básico daquela escola.

“Estamos a falar de uma intervenção profunda, que queremos que decorra durante o ano letivo que agora se inicia para que em setembro de 2018 os alunos possam iniciar as aulas na nova escola”, refere o Presidente da Câmara Municipal, Álvaro Beijinha, em comunicado.

GRÂNDOLA ASSINA CONTRATO COM A AERONÁUTICA LAUAK PARA CONSTRUÇÃO DE FÁBRICA DE 22 MILHÕES

A Câmara Municipal de Grândola e a Lauak assinaram hoje, 23 de Agosto, um contrato-promessa de compra e venda de terrenos situados na Zona Industrial de Grândola, para a construção de uma fábrica de produção de componentes de avião num investimento de 22 milhões de euros.

A fábrica vai criar 100 postos de trabalho numa primeira fase e a Lauak prevê, a médio prazo, a construção em Grândola de uma segunda fábrica da marca.

O POLVO À MESA NO SUDOESTE ALENTEJANO

O Sudoeste Alentejano prepara-se para um fim de semana gastronómico dedicado ao polvo. Longueira e Almograve, Odemira, Boavista dos Pinheiros, Zambujeira do Mar e Vila Nova de Milfontes vão ter disponíveis à mesa dos restaurantes iguarias de polvo, em cataplana, polvo à bolhão-pato, arroz de polvo, à lagareiro, salada de polvo, na frigideira com alho, frito, grelhado, salteado, de feijoada, polvo frito à ti carolino, de caldeirada, pataniscas de polvo, polvo panado ou ainda polvo à pescador, entre outras.

AGRICULTURA NO ALENTEJO EM "STRESS HÍDRICO"

Segundo as últimas previsões agrícolas do Instituto Nacional de Estatística (INE) apesar dos trabalhos agrícolas terem decorrido até ao momento com normalidade, em algumas explorações a quantidade de água disponível não é suficiente "nomeadamente no caso de vinhas e olivais no Alentejo", que apresentam "já sintomas de stress hídrico". Para além deste problema o INE prevê um aumento do número de explorações agrícolas que deixam de ter capaciddae para satisfazer as necessidades de abeberamento dos animais.

PAIS EM REDE PROMOVEM PROGRAMAS DE VERÃO EM GRÂNDOLA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA

PAIS EM REDE é um movimento cívico, de âmbito nacional, composto por “famílias especiais” e por cidadãos solidários, cuja função é constituir-se em parceiro social, capaz de unir vozes para comunicar, discutir, organizar e propor soluções, e, em consequência, mudar as mentalidades, na mira de uma progressiva qualidade de vida das pessoas com incapacidades e das suas famílias. Uma das dificuldades dos pais com crianças especiais é encontrar programas de verão capazes de responder aos desafios que levantam estas crianças.

.

Matias Damásio, Anselmo Ralph e Ana Moura são os cabeças de cartaz de mais uma edição da Feira D’Aires que começa dia 22 setembro, em Viana do Alentejo.

RESERVAS DE ÁGUA "GARANTEM ABASTECIMENTO PÚBLICO" NO ALENTEJO

Numa reunião que decorreu ontem em Évora e que juntou governo, autarcas, Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, da Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas do Alqueva, da Agência Portuguesa do Ambiente, da Águas de Portugal e das Comunidades Intermunicipais do Alto Alentejo, do Alentejo Central, do Alentejo Litoral e do Baixo Alentejo, o secretário de estado do Ambiente, Carlos Martins, garantiu que as reservas de água são suficientes para garantir o abastecimento público no Alentejo, afastando os "piores cenários" com base em estudos realizados às necessidades de água e

150 TONELADAS DE PEIXE RETIRADAS DE BARRAGENS ALENTEJANAS

O Secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins esteve ontem em Évora para uma reunião com autarcas alentejanos, a Associação de Regantes da Vigia, o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, da Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas do Alqueva, a Agência Portuguesa do Ambiente, a Águas de Portugal e as Comunidades Intermunicipais do Alto Alentejo, do Alentejo Central, do Alentejo Litoral e do Baixo Alentejo a discutir a situação de seca extrema que atinge sobretudo o sul do Alentejo.

Páginas