Alentejo Litoral

Luzianes-Gare, voltarão os comboios a parar ali?

Estavamos no ano de 1888, quando a estação ferroviária de Luzianes-Gare, originalmente chamada de Odemira, foi inaugurada. E o facto mudou radicalmente a pequena comunidade agrícola, que beneficiava das suas paragens.

Sines na rota do gigante metaneiro espanhol "Adriano Knutsen"

Está pronto e prestes a fazer os testes de mar e carga e vai transportar gás natural liquefeito (GNL) para a espanhola ENDESA. Falamos do "Adriano Knutsen", um navio metaneiro construído na Coreia do Sul e fretado pelos espanhóis por sete anos, que custou 185 milhões de dólares, tem 300 metros de comprimento, 48 de largura e 26,4 metros de escora. O metaneiro, conforme adianta a Revista Cargo, está munido de quatro tanques criogénicos e é capaz de numa carga transportar o equivalente ao consumo de um dia de toda a Espanha de GNL ou abastecer por um ano 170 mil residências de gás.

Uma boa desculpa para ir a Zambujeira do Mar antes do Verão

Enquanto desejamos que voltem os dias quentes e sonhamos com a praia, a Zambujeira do Mar dá-nos uma desculpa para celebrar o calor mais cedo, organizando o Festival Holi, recriando a tradição Hindu de celebrar a Primavera e assim "promover a aproximação de culturas e a integração dos imigrante locais".

Glaucoma, a doença grave que afeta 200 mil portugueses

É uma doença grave. Uma doença que pode roubar a visão e que o faz, muitas vezes, sem grandes avisos prévios. Por ocasião da Semana Mundial do Glaucoma, que se assinala esta semana, a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) associa-se a esta iniciativa e deixa o alerta: o glaucoma é a principal causa evitável de cegueira irreversível. Tanto que, em 2040, estima-se que mais de 110 milhões de pessoas venham a ter a doença. A prevenção, através da visita a um especialista e da realização de exames de rotina, é a melhor forma de o evitar.

Quebra superior a 20% na produção de azeitona vai afetar Alentejo

Em matéria de produção de azeitona era previsível que este ano ficasse aquém do ano anterior, já que 2018 foi o ano recordista na produção nacional, com 134 mil toneladas de azeitona. 2019 é o chamado ano de "contrassafra", que vai atingir inevitavelmente o Alentejo, região que produz cerca de 80% da azeitona portuguesa. As previsões de quebra na casa dos 20% já haviam sido antecipadas pelo INE em fevereiro.

Corticeira Amorim vai investir mais de 7 milhões de euros na plantação de sobreiros

O Grupo Amorim prepara-se para investir de 7 a 10 milhões em plantações de sobreiro, com o objetivo de dar resposta à procura de cortiça e aumentar produção em 30%

Segundo a edição de hje do DN a meta do grupo é plantar 50 mil hectares em Portugal na próxima década, o que corresponde a um aumento da área total de montado de sobro do país em 7%.

Alcácer do Sal "dá música" às mulheres no dia 8 de março

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal vai assinalar o Dia Internacional da Mulher com duas ofertas: entradas gratuitas na Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer e, à noite, um concerto no Auditório Municipal da cidade.

Ao longo do dia, as mulheres poderão visitar gratuitamente a Cripta Arqueológica no Castelo de Alcácer do Sal e ficar a conhecer este espaço emblemático do concelho, que reúne no mesmo local 27 séculos de História. A Cripta funciona das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30, sendo que a última entrada ocorre meia hora antes do encerramento.

Louboutin inaugura hotel de luxo no próximo ano no Alentejo

O mundialmente conhecido designer francês de calçado com a sola vermelha, favorito de Madonna ou da Princesa Carolina do Mónaco, fez em 2017 uma lista dos seus locais diletos para o Financial Times, onde revelou não só que tem uma casa na Costa Alentejana como adora conduzir pelas aldeias e vilas alentejanas e observa que  “no topo dos montes encontra-se normalmente casas grandes ou castelos com vista para o mar, e há uma certa magia nesse cenário”.

Sines tem plano para salvar a sua "forma de falar" antiga

O Município de Sines conseguiu um apoio financeiro de cerca de 17 mil euros da EDP para criar uma lista digital com todas as expressões antigas da região e que correm o risco de se perder. O "linguajar" típico de Sines está a ser inventariado e listado e vai ser protegido através da sua inclusão num glossário digital e que vai ficar disponível para todos os interessados, até ao final do ano.

O projeto é promovido pelo Arquivo e Biblioteca Municipal de Sines e pretende preservar as memórias locais.

Páginas