Está aqui

Vinhos

Sepultura lançam dois vinhos alentejanos

A banda de death metal, Sepultura lançou dois vinhos de assinatura feitos no Alentejo,um branco e um tinto, ambos de produção orgânica, segundo declaração da Vinhos do Alentejo.

A banda, criada em 1984, juntou-se à MusiConsult, ao produtor alentejano Roquevale e aos os importadores holandeses Drankgigant para criar, e divulgar o Sepultura Tinto e Sepultura Branco, ambos vinhos orgânicos, cm uvas produzidas no Alentejo.

Os vinhos em dezembro em Amesterdão, após terem estado previamente em prova no Rock in Rio, em Lisboa.

Imagem de capa de Fiaz Farrelly

 

Em tempo de festa partilhamos as sugestões da Adega Cartuxa

Entre vinhos gastronómicos e premiados, em grandes formatos para toda a família ou com embalagens icónicas para oferecer, como o EA e os Cartuxa Colheita e Reserva tintos, também encontrará azeite para temperar e cozinhar e o premiadíssimo Espumante Cartuxa Bruto 2012.  

Vinhos para oferecer e beber neste Natal

EA Tinto Colheita 2017

Produzido com as castas Aragonez, Trincadeira, Alicante Bouschet, Syrah e Castelão é um vinho elegante e fácil de beber.

Estojo de três garrafas: 16.50€

Mais duas medalhas de ouro para vinhos alentejanos no International Wine Challenge

Há mais duas medalhas de ouro atribuída a vinhos alentejanos. Desta vez foi o “Coutada Velha Signature Tinto 2017” e o “Rapariga da Quinta, tinto 2017 – colheita selecionada –“ no International Wine Challenge.

O “Coutada Velha Signature”, produzido pelo Monte da Ravasqueira e o “Rapariga da Quinta” da Luis Duarte Vinhos foram ambos distinguido com 95 pontos no “International Wine Challenge” de Londres, considerada a mais meticulosa do setor, e que vai na sua 34ª edição.

Vidigueira Winelands recomenda vinhos de outono

A Vidigueira esteve desde sempre ligada à cultura da vinha e à produção de vinho, que ainda hoje continuam a ser uma das maiores riquezas económicas e culturais do concelho. A variedade de castas utilizadas pelos produtores, proporciona uma enorme diversidade de aromas e sabores.

Vinhos do Alentejo exportam como nunca

A exportação de vinho continua a tendência de crescimento no Alentejo, não só em quantidade, 2,3%, mas também em valor, - mais 12% - segundo dados da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA).

Com 22 mil hectares de vinha, um total de 263 produtores e 97 comerciantes, o ano de 2017 foi mesmo o melhor ano dos vinhos alentejanos que superaram os 65 milhões de euros de vendas.

O preço médio subiu mais de 9% e não só aumentou o o volume de vendas como também os mercados.

VINHOS: 3 ALENTEJANOS NOS 100 MELHORES

Já não será surpresa fora de Portugal a qualidade do vinho alentejano e que volta a receber distinções.

O reconheciemento agora vem da renomeada revista da norte-americana "Wine Enthusiast" - especialista em vinhos – que colocou 3 vinhos alentejanos no ranking dos 100 melhores do ano.

Este ranking mundial, e perto do top 10, em 13º lugar, aparece o Cartuxa 2014 Pêra-Manca Branco, sendo que no 24º lugar surge o tinto Monte da Ravasqueira 2014, Vinhas das Romãs, de Arraiolos; o terceiro alentejano nesta lista é o tinto Mouchão 2012 Ponte das Canas, na 34ª posição.

 

OS VINHOS ALENTEJANOS FORAM AO ROCK IN RIO BRASIL

Os vinhos alentejanos foram ao Rock In Rio Brasil - que termina hoje - no Rio de Janeiro.

Desde o início do festival de proporções mundiais, a 15 de setembro, que a parceria entre o Turismo de Portugal e a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana está a dar a conhecer aos brasileiros os vinhos alentejanos.

JOSÉ MARIA DA FONSECA LEVA VINHO ALENTEJANO AOS CINCO CONTINENTES

A José Maria da Fonseca, um dos maiores produtores vinícolas do país, com mais de 650 hectares de vinha distribuídos pelo Alentejo, Douro e Setúbal, e que faturou cerca de 20 milhões de euros em 2016, exportou o ano passado cerca de 80% do vinho que produziu, para 70 países, dispersos pelos cinco continentes e pretende aumentar a sua taxa de exportação em mais 10% para este ano. Para o efeito continua a adquirir área de vinha no país e investiu em 2001 15 milhões de euros num centro de vinificação que lhe vieram a permitir vinificar 6,5 milhões de litros de vinho por ano.

VINHOS ALENTEJANOS RECONHECIDOS NOS ESTADOS UNIDOS

Vários vinhos alentejanos foram reconhecidos, esta semana, na 3ª edição dos 50 Great Portuguese Wines, nos Estados Unidos,

No júri estavam três reputados Master Sommeliers - acreditados pelo Court of Master Somemeliers - e que distinguiram os alentejanos: Monte da Ravasqueira Branco de 2014, o Roquevale Grande Reserva 2009, o Azamor Selected Wines 2010, o Adega de Borba Grande Reserva 2011, o Cortes de Cima 2012 (tinto), o Art Terra 2014 by Herdade de S. Miguel e o Pera Doce Premium 2014.

VINHOS ALENTEJANOS COM EMBAIXADOR NO BRASIL

Os vinhos alentejanos vão ter um novo embaixador no Brasil.

Nesta que é a 3.ª edição do concurso promovido CVRA, o escolhido foi Cláudio Moreira Alves, natural de Campinas (Brasil).

Páginas