Está aqui

Vinhos

Adega de Estremoz lança conversas online com o seu enólogo-chefe

O australiano David Baverstock, enólogo-chefe da Howard´s Folly, adega urbana localizada em Estremoz, vai iniciar, a 17 de abril, conversas online em torno da sua vida e dos vinhos, avança o portal Sapo Lifestyle.

A série de conversas, intitulada “Ressacas do Melhor”, contará com provas de néctares na companhia de enólogos portugueses de renome, além de documentar a vida e as aventuras do seu enólogo-chefe.

Regressa o vinho... Invisível

Esta será a 12ª Edição do vinho “Invisível” uma marca com a qualidade da adega alentejana Ervideira.

Foi o primeiro “blanc de noir” a nascer em Portugal, e que, segundo o CEO da Ervideira, Duarte Leal da Costa, “é, sem dúvida, dos grandes sucessos da Ervideira”.

“Quando em 2009 lançamos a primeira edição, sabíamos que tínhamos em mãos um produto de enorme qualidade, de elevado requinte, e que os consumidores iriam querer comprar e recomendar a todos os seus contactos.”

Vinho e gastronomia: há alentejanos nos melhores do ano

Decorreu esta semana a cerimónia que deu a conhecer os “Melhores do Ano” de 2020 da Revista Vinho Grandes Escolhas e há alentejanos premiados: vários vinhos no top 30, um restaurante de Vila Viçosa como o melhor do ano, um projeto em Vila Alva e uma adega na Amareleja em destaque.

Vinhos Porta da Ravessa e Real Lavrador adotam nova imagem

A Porta da Ravessa, embaixadora da Adega do Redondo no mercado nacional e internacional, e a Real Lavrador, têm uma nova identidade visual, adianta o portal Meios e Publicidade.

Em comunicado, a adega explica que esta nova imagem foi desenvolvida para ajudar a “reposicionar e amplificar a sua imagem junto de um mercado cada vez mais diversificado, mais jovem, sofisticado e exigente a nível nacional e internacional”. Além da identidade corporativa da Adega, este rebranding irá ainda incluir todo o seu portfólio de marcas.

Dois alentejanos nos 100 melhores vinhos do mundo

Na já habitual e esperada lista dos melhores vinhos do ano, da revista da norte-americana especialidade “Wine Enthusiast”, há um vinho alentejano nos 30 melhores.

O Herdade do Esporão Branco de 2018, de Reguengos de Monsaraz - um vinho feito só com a casta Semillon - foi Escolha do Editor, e surge na 27.ª posição. O outro representante alentejano na lista dos 100 melhores, é da Casa Relvas, em S. Miguel de Machede, com o seu Herdade de São Miguel 2018, e que foi escolha dos Enólogos.

Politécnico de Portalegre associa-se a vinhos da Adega de Portalegre Winery

O Politécnico de Portalegre e a Adega de Portalegre Winery desenvolveram uma parceria para criar uma edição especial dos vinhos “Portalegre” e “Conventual”, selecionados e personalizados para o Politécnico de Portalegre.

De acordo com o portal Tudobem, esta colaboração resulta da iniciativa da instituição de ensino superior, enquadrada no âmbito das suas ações de comunicação institucional, e que pretende associar o seu nome a marcas regionais de excelência.

COVID-19 Ministra da Agricultura com mais 15 milhões/€ para o setor dos vinhos

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes Albuquerque, aprovou ontem, sexta 19, com a publicação de uma Portaria em Diário da República, um pacote de medidas excecionais para apoio ao setor dos vinhos.

Será um reforço de 15 milhões de euros e que se destina-se à destilação de vinhos com Denominação de Origem ou Indicação Geográfica e ao apoio ao armazenamento de vinho em situação de crise.

Alentejo lidera nos vinhos

Os dados referentes a 2018, e apresentados no decorrer do Fórum Anual Vinhos de Portugal, promovido pela ViniPortugal, revelam que o Alentejo continua líder destacado no mercado de vinhos em Portugal.

Quer em valor, quer em quantidade, o Alentejo ocupa valores próximos dos 40% do total nacional.

Paixão Pelo Vinho escolheu os melhores do ano e há alentejanos premiados

A festa de entrega dos prémios, a “Paixão pelo Vinho Awards Wine Party”, será dia 2 de março, em Lisboa, mas já são conhecidos os vencedores e há vinhos alentejanos em destaque.

Sepultura lançam dois vinhos alentejanos

A banda de death metal, Sepultura lançou dois vinhos de assinatura feitos no Alentejo,um branco e um tinto, ambos de produção orgânica, segundo declaração da Vinhos do Alentejo.

A banda, criada em 1984, juntou-se à MusiConsult, ao produtor alentejano Roquevale e aos os importadores holandeses Drankgigant para criar, e divulgar o Sepultura Tinto e Sepultura Branco, ambos vinhos orgânicos, cm uvas produzidas no Alentejo.

Os vinhos em dezembro em Amesterdão, após terem estado previamente em prova no Rock in Rio, em Lisboa.

Imagem de capa de Fiaz Farrelly

 

Páginas