Está aqui

Universidade de Évora

LABORATÓRIO HERCULES EXPLORA MURAIS DE ALMADA NEGREIROS

O Laboratório HERCULES, da Universidade de Évora, encerrou este mês a primeira fase de "uma campanha analítica que visa caracterizar a técnica pictórica e os materiais empregues por Almada Negreiros nos murais pintados entre 1939 e 1940 na antiga sala de receção e atrium de entrada do edifício Diário de Noticias em Lisboa e prepara-se agora para realizar análises mais aprofundadas em laboratório, de camadas cromáticas que foram recolhidas no local.

LABORATÓRIO HERCULES AJUDA A DEVOLVER CORES ORIGINAIS À SALA "DO BEIJA-MÃO" DE MAFRA

Quando passam 300 anos do início da construção do Real Edifício de Mafra, a Sala do Trono oferece a partir da próxima sexta-feira aos cerca de mil visitantes diários as suas magníficas cores originais, numa intervenção que durou 7 meses e que envolveu o Laboratório HERCULES da Universidade de Évora, o mais avançado do seu género na Europa.

ÉVORA: A REFORMA DA UNIÃO EUROPEIA APÓS O BREXIT EM CONFERÊNCIA

No âmbito do Ciclo de Conferências sobre a União Europeia, uma organização do Mestrado em Relações Internacionais e Estudos Europeus da Universidade de Évora, decorre no próximo dia 25 de novembro a conferência "A Reforma da União Europeia Após o Brexit", por Rafael García Pérez, Professor na Universidade de Santiago de Compostela
 

PRÉMIO LITERÁRIO VERGÍLIO FERREIRA 2018 ACEITA CANDIDATURAS

Até 15 de dezembro, a Universidade de Évora receberá candidaturas para atribuição da edição de 2018 do Prémio Literário Vergílio Ferreira.

As propostas de candidatura devem chegar de outras universidades onde sejam desenvolvidos estudos de literaturas e/ou culturas lusófonas ou de instituições culturais relevantes nesses âmbitos, fundamentando a candidatura com a apresentação do autor e respetiva obra.

ÉVORA: LABORATÓRIO HERCULES VENCE PRÉMIO SANTANDER

Os investigadores do Laboratório HERCULES, em Évora, venceram o Prémio Santander de Internacionalização da Produção Científica da Universidade de Évora de 2017. 

UNIVERSIDADE DE ÉVORA E MACAU FECHAM ACORDO ACADÉMICO

A Universidade de Évora e o Instituto de Formação Turística de Macau firmaram um acordo de intercâmbio de alunos e professores entre as duas instituições, que prevê também a criação de um Mestrado conjunto.

INVESTIGADOR DA UNIVERSIDADE DE ÉVORA CONQUISTA PRÉMIO CIENTÍFICO "MÁRIO QUARTIN GRAÇA"

O 8.º Prémio Científico Mário Quartin Graça foi conquistado por 4 investigadores, dois brasileiros e dois portugueses. Um deles, Diogo Canavarro, investigador da Universidade de Évora, venceu o prémio na categoria Tecnologias e Ciências Naturais, com um estudo acerca dos avanços no design de concentradores solares para aplicações térmicas em centrais fotovoltaicas.

Esta edição do Prémio Científico Mário Quartin Graça recebeu 50 candidaturas de doutorados de Portugal, Brasil, Colômbia, Cuba, Chile, Peru, Equador e México.

ÉVORA RECEBE CONFERÊNCIA SOBRE DIREITOS DOS ANIMAIS

Animais e Direito é o tema geral da Conferência organizada pelo ONDAID-Observatório Nacional para a Defesa dos Animais e Interesses Difusos com a colaboração da Associação Jurídica de Évora e a Escola de Ciências e Tecnologia da Universidade de Évora e que decorre dia 25 de outubro, na Herdade da Mitra, em Évora.

VILLA ROMANA DE PISÕES EM BEJA JÁ REABRIU AO PÚBLICO

A Villa romana de Pisões, de estilo helenístico, teve a sua ocupação romana entre os séculos I antes de Cristo e o século IV depois de Cristo. Esta magnífica Villa situa-se na Herdade da Almagrassa, a cerca de 10 km de Beja, e foi reecontrada acidentalmente, em 1967, durante trabalhos agrícolas.

A PARTÍCULA DE DEUS ESTEVE EM ÉVORA

Fora da comunidade científica, é chamada a partícula de Deus por ser esta a partícula que permite que as demais possuam diferentes massas. Terá surgido com o Big-Bang e o nome científico é bosão de Higgs. Em padrão científico, o bosão de Higgs é uma partícula elementar bosónica e que representa a chave para explicar a origem da massa de todas as outras partículas elementares, ou seja, sem ela, nenhuma das partículas elementares teria massa, e o mundo não poderia ser como é.

O que que é isto tem a ver com Évora e o Alentejo?

Páginas