Está aqui

Transportes

O GOVERNO QUE MALTRATA O ALENTEJO

Na crónica desta semana apresento dois casos demonstrativos da falta de solidariedade do Governo para com o Alentejo: Um dos temas tem a ver com a falta de assistentes operacionais nas escolas de Évora; outro tema tem a ver com a supressão de comboios na linha de Casabranca – Beja.

O discurso oficial não é esse. Não bate certo! Por isso, torna-se fundamental alertar para estas graves situações.

 

1 - Falta de 42 assistentes operacionais nas escolas do concelho de Évora

A IMPORTÂNCIA DE SABER PRESTAR UM SERVIÇO

Ontem, a propósito da polémica Uber-Táxis, o Sr. Ministro do Ambiente, proferiu uma declaração que o marcou definitivamente como defensor de uma das partes da contenda, assumindo que tinha a convicção que "o serviço da Uber é ilegal", tendo inclusive dito "porque foi um tribunal que o disse".

LINHA ÉVORA-CAIA ENVOLTA EM POLÉMICA

No mês passado, o Tribuna Alentejo noticiou que no site da empresa Infraestruturas de Portugal IP, tinham sido abertos os concursos que previam a Elaboração do Projeto de Execução da Nova Ligação Ferroviária entre Évora Norte e Elvas/Caia (fronteira com Espanha), com cerca de 90 quilómetros.