Está aqui

respeito

O CLIENTE É REI…

Numa qualquer Universidade, numa qualquer aula de Marketing, num qualquer curso de gestão, teremos ouvido a expressão “O cliente é rei…”, mas será que interiorizamos mesmo o que isso quer dizer? Será que o cliente é o foco ou o fim último de tudo o que fazemos? Pessoalmente, acho, que em Portugal isso ainda é apenas um chavão que se ouve nas aulas, mas raramente levamos á prática no nosso dia-a-dia.

O GANGUE DO ARGANEL (OU O FLAGELO DO PRECONCEITO)

Admiro aquele género de pessoas que consegue compreender que uma ofensa só é ofensa quando os próprios permitem que o seja. Admiro, sinceramente, as pessoas que vão vivendo a vida com uma atitude relaxada e segura relativamente não aos bens que detêm, mas principalmente á personalidade que vão compondo e ajustando por si e para si, sem necessitar daquele circo social já tão habitual que passa por, numa atitude tanto de desespero quanto de comodismo, inflacionar a opinião dos outros acerca de si para de seguida a adoptar enquanto definição do self.

Todos somos Charlie

Sim, por muito que custe a aceitar a alguns todos somos “Charlie” não apenas porque tudo o que tem sucedido em Paris merece a nossa solidariedade e indignação, mas porque todos nascemos num Mundo onde deve imperar a liberdade.

Liberdade de pensamento e de expressão.

Esta semana jornalistas e polícias foram assassinados por fazerem o seu trabalho. Há meses atrás, assistimos ao assassino bárbaro de jornalistas que estavam apenas a fazer o seu trabalho.