Está aqui

Odemira

Ambientalistas querem participação ativa na costa do Sudoeste Alentejano

Várias organizações não governamentais, associações e movimentos de cidadãos do Sudoeste Alentejano pediram a suspensão do processo de consulta pública do Programa da Orla Costeira Espichel-Odeceixe (POC-EO), que termina hoje, sexta-feira.

De acordo com a agência Lusa, o Movimento Juntos pelo Sudoeste, as associações Zero, Arriba, Rewilding Sudoeste e Rota Vicentina, a Tamera – Centro de Investigação e Educação para a Paz e o Triângulo em Transição defendem que o Governo deve suspender a consulta e criar condições para uma participação ativa, estruturada e construtiva.

Odemira quer proteger a sua maior riqueza

São duas as ações que o Município de Odemira vai levar a efeito, já no início do mês de setembro, de modo a  proteger a sua maior riqueza, sensibilizando a população para a proteção dos valores naturais.

Odemira vai escolher o melhor nacional da Raça Limousine

A Raça Bovina Limousine está de regresso a S. Teotónio para a realização do 32º Concurso Nacional, agendado para os dias 23, 24 e 25 de julho, no Parque de Feiras e Exposições, com o apoio do Município de Odemira.

O concurso terá início na sexta-feira, dia 23 de julho, pelas 16h00. O ponto alto acontecerá no domingo, 25 de julho, a partir das 14h00, para a atribuição dos Prémios Finais de Campeões e Vice-Campeões Nacionais Limousine e Prémio de Melhor Criador.

Alentejo: Meo Sudoeste e mais eventos cancelados

O Meo Sudoeste, um dos maiores festivais de verão nacionais e que decorre no Alentejo, na Zambujeira do Mar, no concelho de Odemira, cancelou a sua edição 2021.

Já no ano passado o festival tinha sido cancelado e a nova data apontada é agora de 2 a 6 de agosto de 2022, mantendo-se válidos os bilhetes adquiridos para a edição de 2020.

A organização aponta a falta de condições de saúde e segurança para a não a realização do evento, dado o crescente número de infetados pela Covid-19 e pouco tempo até à data de realização do evento.

“Abaixamento do nível” do Rio Mira é “preocupante” para saúde pública

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) solicitou à Associação de Beneficiários do Mira (ABM) a libertação de água para o caudal ecológico do Rio Mira, em Odemira, devido ao impacto na saúde pública.

Fonte da APA disse â agência Lusa que o pedido foi enviado na semana passada, após responsáveis daquele organismo terem verificado que o “abaixamento do nível” naquele espelho de água, junto à barragem de Santa Clara, pode conduzir a “uma situação preocupante” do ponto de vista de saúde pública e salubridade.

Uma praia para cães em Vila Nova de Milfontes

A título experimental, a Câmara Municipal de Odemira vai testar uma praia que vai admitir cães.

Na foz do rio Mira e próxima da praia de Furnas-Rio, vai funcionar já esta época balnear e é o reflexo das intenções da autarquia para atrair novos turistas para o concelho, avança a Lusa.

Sendo o acesso de cães às praias concessionadas interdito durante a época balnear - à exceção de cães de assistência - são muito poucas as praias nacionais que aceitam receber o “melhor amigo do Homem” em pleno verão; são somente 6 e todas a norte.

 

Imagem hips.hearstapps. com

Época balnear arranca no Litoral Alentejano com vigilância

A época balnear no litoral alentejano arrancou, no passado sábado, com vigilância nas praias dos concelhos de Sines, Grândola e Odemira, mas o município de Santiago do Cacém só abrirá oficialmente a época no próximo sábado, dia 19 de junho, explicou à agência Lusa o comandante da Capitania do Porto de Sines, Rui Filipe.

Segundo o responsável, no último fim de semana registou-se “uma grande afluência de banhistas” às praias do litoral alentejano, embora durante a semana a afluência “seja regular”.

Barragem de Santa Clara em Odemira está a menos de metade

A Associação de Beneficiários do Mira cortou a água aos pequenos agricultores devido à sua escassez que cada vez mais se faz sentir nesta zona, avança a TSF. A Barragem de Santa Clara, que abastece toda esta zona do sudoeste alentejano, já se encontra a 49% da sua capacidade, ainda antes do início do verão.

Odemira lança novos apoios à restauração e comércio

O Município de Odemira aprovou o Fundo de Apoio Financeiro à Instalação e Adaptação de Esplanadas e à Criação de Lojas On-line, no valor de 100.000,00€, medidas no âmbito do Fundo de Emergência Municipal - Odemira Empreende +, que visam o relançamento da economia e a manutenção de postos de trabalho, para contrariar as consequências económicas e sociais provocadas pela pandemia e pelas medidas restritivas impostas no território.

Páginas