Está aqui

Aeronáutica

Ponte de Sor: há 100 anos com a cabeça no ar

Já passaram 100 anos desde que começou a ligação de Ponte de Sor à aviação.

Realizaram-se ontem, 31 de agosto, 100 anos da primeira aterragem de um avião em ponte de Sor.

Dada a centralidade geográfica da terra alentejana – entre norte e sul, interior e litoral, e a existência de caminhos de ferro, a pedido Exército português, em março de 1919, viria ser construido pequeno “Campo de Aterrissagem”, e que viria a ser inaugurado nesse mesmo verão.

Aeronáutica de Grândola recebe 8 milhões de euros de cofinanciamento

O Ministério do Planeamento e Infraestruturas homologou o apoio do Programa Operacional COMPETE 2020 ao investimento de 33 milhões de euros da empresa LAUAK. Este apoio vai contribuir para a implementação de uma nova unidade do setor aeronáutico em Grândola.

O cofinanciamento de 7,9 milhões de euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional vai apoiar a criação de 274 novos postos de trabalho, cerca de 70 dos quais altamente qualificados, e possibilitar exportações no valor anual de 30 milhões de euros, sendo "objetivo" da empresa acolher cerca de 600 trabalhadores após 2023.

Ponte de Sor quer combater a falta de recursos humanos especializados na aeronáutica

Ponte de Sor está a preparar a terceira edição da maior Cimeira no setor aeronáutico, defesa e espaço da Península Ibérica, que vai decorrer este ano entre 30 de maio e 2 de junho, e tem no terreno um périplo por várias Universidades e Politécnicos nacionais, para dar a conhecer aos futuros técnicos especializados, as potencialidades, oportunidades de emprego e elevado crescimento de um setor em franca expansão.

Accionistas da Embraer aprovaram hoje fusão com a americana Boeing

Os acionistas da Embraer aprovaram hoje, terça-feira, 26 de fevereiro, o acordo entre a empresa brasileira e a Boeing, durante uma assembleia geral extraordinária. A aprovação da fusão da Embraer com a Boeing mereceu 96,8% dos votos dos accionistas, o que estabelece uma joint venture – empreendimento conjunto – composta pelas operações de aeronaves comerciais da Embraer.

O Portugal Air Summit regressa a Ponte de Sor

É considerado o maior evento do setor aeronáutico português e vai realizar-se novamente no Alentejo, em Ponte de Sor.

Ponte de Sor e o seu Aeródromo Municipal têm sido um dos pontos âncora do setor aeronáutico nacional e que conta com vários clusters no Alentejo.

Grupo de aeronáutica francês investe 5 milhões em nova fábrica em Ponte de Sor

O grupo francês Rexiaa, fabricante de componentes aeronáuticos em materiais compósitos, e que produz para a Airbus ou a Dassault Aviation, prepara-se para investir "mais de cinco milhões de euros" em Ponte de Sor. A empresa adquiriu a fábrica da extinta Dynaero e vai implementar linhas de produção fabris que, espera, estarão a laborar no segundo semestre de 2019. 

Aeronáutica deseja continuar a crescer em Portugal

A aeronáutica deseja continuar a crescer em Portugal e a AED - Associação Nacional de Aeronáutica, Espaço e Defesa quer mesmo atingir 3% do PIB em cinco anos e a estratégia passa por duplicar o volume de negócios, crescendo cerca de 760% nas exportações.

Este “cluster” português é constituído por cerca de 60 empresas -no Alentejo com vários polos como Évora, Ponte de Sor, Beja e, em breve, Grândola -  e que representa já 1,2% do PIB, empregando 18.500 pessoas.

Évora: sai EMBRAER entra BOEING?

O jornal espanhol “El Confidencial” avança que a gigante norte-americana Boeing pode estar prestes a dar o “abraço do urso” à gigante brasileira Embraer e ficar com as duas fábricas de Évora – além da OGMA, em Lisboa, e do polo aeronáutico da companhia brasileira em Casablanca, Marrocos.

O jornal espanhol dá mesmo a operação de compra da vertente comercial da Embraer, pela Boeing, como realizado.

Évora e Setúbal unidas pela aeronáutica

Será a primeira pós-graduação em associação na área da aeronáutica e surge da união entre a Universidade de Évora e o Instituto Politécnico de Setúbal e que se deseja seja já uma realidade no próximo ano letivo, em setembro.

A intenção não é a de providenciar qualquer grau académico, mas a de providenciar uma formação pós-graduada que siga as orientações mais gerais dos cursos de 2º e 3º ciclos e que permita a creditação para posterior integração em níveis de formação avançada.

Páginas