Está aqui

Meteorologia

MINISTÉRIO IMPÕE PROIBIÇÕES DEVIDO AO CLIMA

Com base na informação providenciada pelo IPMA - Instituto Português do Mar e da Atmosfera para este fim de semana, o Ministério da Administração Interna alerta para a necessidade de que os comportamentos individuais sejam adequados ao risco de incêndio.

O tempo continua muito seco e a temperatura está ainda em valores acima da média para esta época do ano, uma mistura que reúne todas as condições para a propagação de incêndios rurais e, deste modo, foram levantadas as seguintes proibições:

.   É proibida a realização de queimadas em todo o país.

AVISO AMARELO COBRE A COSTA ALENTEJANA

Este fim de semana, de acordo com o IPMA - Instituto Português do Mar e da Atmosfera, prevê-se agitação marítima com ondas de noroeste e com 4 a 5 metros para a costa alentejana.

O aviso estende-se, além, de Beja, aos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal e Faro.

Este aviso amarelo, o terceiro de uma escala de quatro, e que cobre toda a costa de Portugal continental, significa que existe sério risco para a prática de atividades marítimas ou perto da costa.

 

Imagem de canalcatarinense.com.br

SOBREIROS A MORRER E PEIXES EM EXTINÇÃO NO ALENTEJO

Estamos a 15 de outubro e 81% do território continental está ainda em seca severa; pior, 7,4% está em seca extrema. Segundo o IPMA – Instituto Português do Mar e da Atmosfera, o mês de setembro foi mesmo o mais seco dos últimos 87 anos!

Habituado a temperaturas altas, este fenómeno é estranho, mesmo para o Alentejo onde há já espécies em vias de extinção que veem agravada a sua sobrevivência, sobretudo na bacia do Guadiana e onde os sobreiros e azinheiras estão a morrer, sobretudo no Baixo Alentejo e Alentejo litoral.

ALENTEJO SOB TEMPERATURAS ALTAS E INCÊNDIOS

Os distritos alentejanos de Portalegre, Évora e Beja - aos quais se junta ainda Castelo Branco, Funchal e Faro - estarão hoje sob aviso amarelo do IPMA - Instituto Português do Mar e da Atmosfera devido às temperaturas elevadas.

Em Portalegre os termómetros irão variar entre os 19 e os 35º; Évora entre 16 e 36º e Beja entre 15 e 37º, ainda assim, longe daquilo a que os alentejanos estão habituados no verão.

MAU TEMPO DEIXA MARCAS NO ALENTEJO

O mau tempo atingiu o Alentejo durante a tarde de ontem: incêndios e quedas de árvores nos três distritos alentejanos.

Só no distrito de Portalegre, o mau tempo (trovoadas secas) de ontem foi responsável por 13 incêndios florestais no distrito de Portalegre e que chegaram a juntar cerca de 365 bombeiros e operacionais. Os bombeiros registaram ainda a queda de, pelo menos, onze árvores no distrito de Évora, onde se verificaram também 8 incêndios.

TERMÓMETROS NO ALENTEJO VÃO PASSAR OS 40 GRAUS

A partir desta quinta-feira segundo a MeteoAlentejo, a temperatura vai voltar a subir, no entanto será a partir de sexta que os termómetros vão ultrapassar os 40ºC,

Até pelo menos segunda-feira um anticiclone centrado a norte de Portugal e uma depressão situada no Norte de África vão provocar o estabelecimento de uma corrente de ar muito quente e seco proveniente de Espanha e África. As temperaturas na sexta-feira deverão atingir já os 41ºC, no sábado espera-se que seja o dia mais quente com 42ºC e no domingo e segunda descem para valores na ordem dos 40ºC.

O ALENTEJO ESTÁ A CONSTRUIR A SUA REDE DE ESTAÇÕES METEOROLÓGICAS

São uma equipa de apenas 4 pessoas, voluntários empenhados em dar ao Alentejo dados meteorológicos fiáveis e autónomos do IPMA, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, colmatando o que chamam de "falha" no interior do País e que é a "ausência de estações do IPMA". E já ganharam um prémio pelo seu trabalho.

HOJE PREVÊ-SE VENTANIA EM BEJA

De todos os distritos alentejanos, Beja é o único que está sob pressão do "Aviso Amarelo" do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) que alerta para rajadas de vento até 80 quilómetros hora, particularmente na faixa costeira.
Para além disso as temperaturas no Alentejo vão oscilar entre os 6º de mínima e os 14.º de máxima.
 
Imagem de capa de Adrian Sommeling.

 

TEMPERATURA NO ALENTEJO VAI BATER NO ZERO

A partir deste fim-de-semana, 17 e 18 de dezembro, vamos assistir já a uma descida das temperaturas, em especial das mínimas. E prevê-se que na próxima semana os termómetros baixem ainda mais durante a noite, podendo mesmo chegar perto dos 0ºC entre os dias 20 e 23.

Fonte: meteoalentejo.pt

Imagem de capa de David Trood via Getty Images

CHUVA E VENTO MARCAM O FIM-DE-SEMANA

A aproximação de uma depressão ao sul do país vai provocar a partir deste sábado um agravamento das condições meteorológicas no Alentejo.

Durante a manha deste sábado já houve chuva, em geral fraca, e irá aumentar a de intensidade a partir da tarde, prevendo-se que o período com mais instabilidade (chuva forte e trovoada) será a partir da tarde de sábado e durante o dia de domingo.

Há sérios risco de inundações, pois podem chegar a acumular-se 30mm de precipitação em 3 horas, como informa o meteoalentejo.com.

Páginas