Está aqui

Gavião

Escolas alentejanas têm mais alunos que concluem estudos no tempo esperado

É nos primeiros anos de escola, logo no 2.º ano, que os alunos têm maiores dificuldades, de acordo com os dados do Ministério da Educação que revelam que 5% das crianças reprovou no 1.º ano de escolaridade. Contudo, os municípios com uma percentagem perfeita de conclusões no tempo esperado localizam-se no Alentejo, avança a Lusa.

Gavião: 4 incêndios, 600 hectares de área ardida, 1 milhão de euros para reflorestar 

O concelho de Gavião, no limite norte do Alentejo, é um dos concelhos alentejanos mais fustigados pelos incêndios.

Em poucos anos ocorreram 4 grandes incêndios, os dois últimos em 2017, e resultaram em cerca de 600 hectares de área ardida, na freguesia de Belver e que serão agora reflorestados com um um investimento de um milhão de euros.

A iniciativa surge pela mão da “Terras de Guidintesta, Sociedade de Desenvolvimento Rural”, em parceria com a Associação de Produtores Florestais da Freguesia de Belver.

Sociedade civil de Gavião refloresta 600 hectares de área ardida

A Terras de Guidintesta – Sociedade de Desenvolvimento Rural, em parceria com a Associação de Produtores Florestais da Freguesia de Belver, vai plantar cerca de 270 mil árvores na área de Belver, no concelho de Gavião, para reflorestar a área ardida após os incêndios de 2003, 2005 e 2017.

Gavião vai ter Museu com coleção única de carros de atrelar

Após um investimento de 1,3 milhões de euros, que vai nascer no Gavião um museu que irá albergar uma coleção única de carros de atrelar.

O museu - um projeto do reputado arquiteto portalegrense Carrilho da Graça - irá ocupar o espaço do antigo seminário e, José Pio, presidente da câmara do Gavião, disse ao Mediotejo.net que é intenção da autarquia que o futuro Museu Pequito Rebelo seja inaugurado a 25 de abril de 2022

Portalegre: 6,3 M€ para criar empresa para gestão da água

Alter do Chão, Crato, Gavião, Nisa, Ponte de Sor e Sousel, Arronches, Castelo de Vide, Fronteira e Marvão: foram 10 dos 15 municípios do distrito de Portalegre os que criaram uma empresa municipal de gestão da água em baixa, num investimento total de superior a 6, 3 milhões de euros, no âmbito do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR).

Com o nome “Águas do Alto Alentejo – Empresa Inter Municipal, SA”, esta empresa é constituída com a forma de sociedade anónima e com capitais exclusivamente públicos.

“Cantares e Saberes” sensibiliza para a prevenção de incêndios em Gavião

A ação “Cantares e Saberes” vai-se realizar no próximo sábado, dia 29 de agosto, em Atalaia, no concelho de Gavião, numa iniciativa da associação cultural “Panóplia”, que pretende sensibilizar para a prevenção de incêndios através das artes visuais e da música.

Gavião quer mais turistas com novo parque de Autocaravanas

É na estrada Nacional 118, à entrada da vila de Gavião, que já existe um parque de autocaravanas.

Concluída a obra – que nasceu da requalificação num espaço que necessitava uma urgente reabilitação - a autarquia aguarda agora o seu licenciamento para começar a receber os primeiros turistas.

Esta nova infraestrutura é parte da planificação e estratégia da Região de Turismo do Alentejo Ribatejo e que considera que o autocaravanismo é um movimento em expansão e que representa um fluxo turístico muito importante para as zonas do interior.

Portalegre em risco muito elevado de incêndio

Portalegre apresenta hoje um risco muito elevado de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o IPMA Gavião e Nisa (Portalegre) apresentam hoje um risco muito elevado de incêndio.

O risco de incêndio determinado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo e os cálculos para este risco são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Imagem de capa de Jornal do Alto Alentejo.

 

 

Gavião armadilha território para combate à vespa asiática

O Município de Gavião colocou nos últimos dias por todo o concelho uma centena de armadilhas, numa iniciativa coordenada pelo Gabinete Técnico Florestal que envolveu vários apicultores do concelho, os Bombeiros Voluntários Gavião e a Equipa de Sapadores Florestais.

O objetivo passa por fazer uma monotorização prevenir e combater o desenvolvimento de ninhos, acautelando a saúde pública e capturando o máximo de vespas asiáticas, por forma a evitar a criação de novas colónias.

Gavião prepara centro de acolhimento Covid 19 com 60 camas

O Pavilhão Gimnodesportivo, em Gavião começou hoje a ser equipado com 60 camas para acolher temporariamente utentes que venham a precisar em consequência da pandemia de Covid-19, segundo nota daquela autarquia alentejana.
A solução faz parte de um pacote de medidas preventivas, coordenado dos meios e recursos do serviços Municipais de Proteção Civil.

Páginas