Está aqui

Fundos Comunitários

CIMBAL apoia micro e pequenas empresas com 770 mil euros

A Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) vai disponibilizar para apoiar projetos de micro e pequenas empresas com uma dotação global de 770 mil euros.

Esta verba é disponibilizada pelo FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial do Baixo Alentejo, e a sua aplicação prática pode gerar até 1,7 milhões de euros de investimento na região.

Alentejo: 16M€ para diminuir o fosso digital entre áreas urbanas e rurais

Já está em curso em 4 localidades alentejanas o projeto que pretende para diminuir fosso digital entre áreas Urbanas e Rurais europeias.

Com um investimento de cerca de 16 milhões de euros, o “Auroral – Architecture for Unified Regional and Open digital ecosystems for Smart Communities and wider Rural Areas Large scale application” é liderado, a nível europeu, pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo – CCDR-A.

Mais de 8 milhões de euros para a criação de emprego no Alentejo

Já foram aprovados pelo programa operacional Alentejo 2020 mais de 8,2M€ para apoio à criação de emprego no âmbito da medida + COESO.

Após deliberações tomadas sobre mais de 300 candidaturas apresentadas, o apoio irá significar mais 150 postos de trabalho no  Alentejo.

Tapeçarias de Portalegre destaque na Universidade de Salamanca

A Universidade de Salamanca recebe, até e 28 de fevereiro de 2021, a exposição “PONTOS.PT”.

Esta exposição é uma mostra de Tapeçarias e Colchas dos municípios de Portalegre e Castelo Branco e mostra a importância cada vez maior que as Tapeçarias de Portalegre têm no panorama artístico internacional, uma área onde o Município de Portalegre tem apostado com um trabalho de divulgação e promoção.

A originalidade do Ponto e da Tapeçaria de Portalegre é importante legado nacional e um ícone da cidade.

Vidigueira investe 1,5 milhões de euros em parque verde urbano

Com a aprovação da candidatura da construção do Parque Verde Urbano de Vidigueira, a localidade alentejana vai passar a poder usufruir de um espaço ideal para usufruir da natureza e de um espaço de lazer agradável e atrativo.

Será um investimento total de perto de 1 milhão e meio de euros - Financiado em 85 por cento por fundos comunitário - e que irá reabilitar a Horta de S. João, que passará a contar com infraestruturas adequadas ao bem-estar dos utilizadores, diversos espaços verdes, espelhos de água, parque de jogos, polidesportivo e ligação a percursos pedonais e ciclovias.

Alentejo 2020 já investiu 140 milhões em Saúde e Equipamentos Sociais

O programa operacional Alentejo 2020 propôs um novo reforço de 14,9 milhões de euros para aquela que considera uma prioridade no investimento: a Saúde e os Equipamentos Sociais.

Entre abril e agosto foram reforçados em 22,7 milhões de euros os apoios/aprovações, concedidos no âmbito da COVID-19, nas áreas da Saúde e Equipamentos Sociais, de modo a possibilitar o seu ajustamento à nova realidade, através de aquisição de novo equipamento e/ou obras de adaptação dos espaços em ambiente hospitalar: + 9,9M€, como indica documento enviado à redação.

Alentejo e Ribatejo: 24 contratos de financiamento com Turismo de Portugal

Foram assinados esta semana, na Universidade de Évora, 24 contratos de financiamento para projetos localizados no Ribatejo e no Alentejo, ao abrigo do Programa Valorizar, do Turismo de Portugal.

Com a presença de Rita Marques, secretária de Estado do Turismo e Luís Araújo, Presidente do Turismo de Portugal, o investimento será superior a 6,8 milhões de euros, prevendo o Governo lançar, até final do ano, uma nova candidatura ao programa no valor de mais de 10 milhões de euros.

Crato com novo Centro de Saúde a funcionar já em outubro

O novo Centro de Saúde do Crato deve começar a funcionar já no próximo mês de outubro, após obras de requalificação no valor de 742 mil euros com recurso a fundos comunitários.

De modo a prestar os cuidados de saúde adequados à população, este centro de saúde só necessita agora de ser equipado, uma vez que já estão concluídas as obras e requalificação do edifício.

Núcleos Empresariais Alentejanos querem internacionalizar as empresas

Os Núcleos Empresariais Alentejanos querem internacionalizar empresas agroalimentares alentejanas.

Para atingir este objetivo, os núcleos empresariais de Évora, Beja e Portalegre, montaram o projeto Alentejo Global Export e que tem o programa que pretende garantir o apoio necessário às empresas que pretendam angariar novos clientes externos. Conta com um pacote de investimento na ordem dos 700 mil euros, com recurso a fundos comunitários.

Roberto Grilo avança para a CCDR-Alentejo

Será com o mote “Alentejo Primeiro” e como independente que Roberto Grilo vai avançar com a sua candidatura à Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo.

Nestas que serão as primeiras eleições indiretas para estas entidades regionais, o Alentejo conta assim com dois candidatos: Roberto Grilo como independente e Ceia da Silva apoiado pelo Partido Socialista.

Páginas