Está aqui

Festival Sete Sóis Sete Luas

"Entre o sonho e a realidade, entre a ilusão e a verdade" em Ponte de Sor

Não nos parece que se faça algo de semelhante no País ao que vai acontecer entre o próximo sábado, dia 22 de junho e dia 6 de setembro, em Ponte de Sor, naquele que é o festival internacional que convida o público a entrar num genuíno ambiente teatral do século XVII, no espetáculo de abertura inspirado no universo barroco "Bruits de Coulisses", da companhia francesa de circo aéreo acrobático Les P’tits Brás. Segundo a organização a peça é feita de histórias “entre o sonho e a realidade, entre a ilusão e a verdade, com fantasia, poesia e humor”.

Ponte de Sor abre festival com um circo aéreo acrobático

Será com um espetáculo de circo aéreo acrobático com profissionais franceses, que, no próximo dia 22 de junho, Ponte de Sor marca o início do festival Sete Sóis Sete Luas.

A 27ª edição do “Sete Sóis Sete Luas” decorrerá até 6 de setembro e abrange também Montargil, Longomel, Galveias e Foros do Arrão, levando a cultura às freguesias rurais do concelho e o intercâmbios de experiências coletividades locais.

A autarca do município alentejano destacou ainda a variedade de espetáculos que o evento integra, nomeadamente atuações de orquestras, degustação de sabores e exposições.

ARTE E MÚSICA MEDITERRÂNICA NO SETE SÓIS, SETE LUAS EM ODEMIRA

Odemira recebe a 25ª edição do Festival Sete Sóis Sete Luas, com a arte e a música do Mediterrâneo e do mundo lusófono. O programa integra espetáculos musicais, uma grande performance de rua e uma exposição de pintura, nos dias 16, 17, e 30 de setembro, respetivamente.

CASTRO VERDE RECEBE FESTIVAL MEDITERRÂNICO

Serão os sons dos Rhytmes Des 7Lunes, Aiwa Band, Ana Alcaide, Cuca Roseta e cante alentejano que vão marcar o Festival Planície Mediterrânica, em Castro Verde (Beja), num programa que se completa com oficinas, bailes, exposições e gastronomia.

Este Festival integra a rede do Festival Sete Sóis Sete Luas, que, na edição 2016, envolveu 33 municípios de 13 países - incluindo o também alentejano município de Ourique.

SARAMAGO LIGA O ALENTEJO AO MUNDO

Tudo nasceu de um convite de um grupo de estudantes italianos a José Saramago, durante uma visita ao Alentejo, para ir conhecer a sua cidade, Pontedera, na Toscana, em 1992. Um intercâmbio cultural entre Portugal e Itália que o escritor apadrinhou oferecendo-lhes os direitos de autor em Itália do seu livro “O ano de 1993”. A 24ª edição do Festival Sete Sóis Sete Luas, que atualmente se estende a 30 cidades e 11 países do Mediterrâneo e do norte de África, vai estar presente, entre 24 de junho e 9 de setembro, nos municípios como Ponte de Sor, Alfândega da Fé, Oeiras, Odemira e Castro Verde, com concertos, teatro, dança e degustações. Aqui, a “passarola”, uma máquina voadora inventada pelas personagens que emprestam nome ao evento, é o símbolo desta diluição de fronteiras através da Cultura.