Está aqui

Espanha

Restauração da independência teve "mão alentejana"

Em Portugal, a dinastia castelhana dos Filipes governou de 1580 a 1640.

Ao longo destes anos, o reino de Portugal foi espoliado e soterrado em impostos para financiar as guerras e caprichos castelhanos, levando o povo português a uma situação de quase desespero. Com fome e com o mal-estar instalado, começaram a surgir revoltas contra a situação e o Alentejo, em vários momentos, e de várias formas, teve um papel central na Restauração.

Gigante Amazon à boleia da linha Sines/Caia

A criação da Plataforma Logística do Sudoeste Europeu, em Badajoz, junto à fronteira do Caia, tornou-se suficientemente atrativa para a gigante norte-americana Amazon.

A empresa criada por Jeff Bezos – considerado o homem mais rico do mundo -  projeta um centro logístico com 200.000 metros quadrados e que pode criar 1000 postos de trabalho diretos.

Universidade de Évora cria cátedra de Estudos de Ibéricos

Foi lançada na quinta feira, 1 de outubro, na Universidade de Évora (UÉ), a primeira Cátedra de Estudos Ibéricos da Península.

Alentejo e Andaluzia apostam no mercado Halal para aumentar receitas

É um objetivo comum de alentejanos e andaluzes apostar no aumento de turistas muçulmanos nestas duas regiões de Portugal e Espanha e, neste sentido, o desenvolvimento de restauração e produtos agroalimentares é algo essencial.

Assim nasceu o projeto transfronteiriço "Mercado Halal - Resiliência dos Mercados face às Novas Tendências do Turismo" – ao abrigo programa de cooperação INTERREG VA Espanha-Portugal - e que vai decorrer até 2022.

Central Nuclear de Almaraz - Governo português vai a Madrid pedir encerramento

Almaraz é a central nuclear espanhola mais próxima do Alentejo, a cerca de 100km da fronteira como distrito de Portalegre. Está implantada numa zona de risco sísmico, junto ao rio Tejo e foi recentemente autorizada pelo Conselho de Segurança Nuclear (CSN) espanhol a estar aberta até outubro de 2028, quando um segundo período de vigência terminava em junho deste ano, depois de ver passada a data de encerramento em 2010.

O Festival Internacional de Cinema de Marvão vai decorrer esta semana

O Periferias - Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valência de Alcântara regresso já esta semana, de 6 a 11 de agosto, numa dezena de lugares da raia de Portugal e Espanha.

Serão cerca de 20 filmes, nesta edição VIII, numa versão compactada do festival, que cumprirá todas as regras da DGS. A estreia cabe ao filme "O que arde", do realizador galego Oliver Laxe.

Mas apesar de mais curto, o festival apresenta algumas novidades, como por exemplo, uma sessão drive-in, em Carbajo, Espanha, no dia 7, ou propostas de cinema online.

Exposição arqueológica em Madrid exibe peças oriundas do Alentejo

A exposição “Ídolos – Miradas Milenares” abriu esta terça-feira em Madrid e exibe peças ibéricas “significativas” da representação humana em osso, cerâmica e pedra. Entre elas 50 são portuguesas, datadas entre 5.000 e 3.000 antes de Cristo, e cerca de oito oriundas da região do Alentejo.

Alentejo: Marcelo e Rei de Espanha na reabertura de fronteiras

Será na fronteira alentejana do Caia, que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o Rei de Espanha, Filipe VI e os primeiros-ministros António Costa o espanhol Pedro Sánchez, vão assinalar a reabertura de fronteiras entre Portugal e Espanha, no próximo dia 1 de julho.

As comemorações são essencialmente simbólicas e, nesta fronteira Caia e Badajoz, a comitiva portuguesa cruzará a fronteira para cumprimentar a espanhola; depois, cruzarão ambas as comitivas a fronteira em sentido inverso para almoçarem juntos em Portugal.

Extremadura Espanhola celebra o Dia de Portugal

A atual situação não impediu que a região da Extremadura espanhola volte a comemorar, mais um ano, o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas no próximo dia 10 de junho, com um programa de atividades relacionadas com a música, a literatura, o cinema ou os museus para desfrutar virtualmente, das várias facetas de expressão artística, social e cultural de Portugal, destacando a sua relação com esta região espanhola.

Governo admite abrir fronteira em Barrancos… durante “algumas horas”

O Governo, através do ministro da Administração Interna Eduardo Cabrita, admitiu esta semana reabrir a fronteira com Espanha, em Barrancos, durante algumas horas.

A par da fronteira em Barrancos está a fronteira em Montalegre, distrito de Vila Real.

Esta abertura está prevista para antes de 15 de junho, mas somente durante algumas horas, de modo a permitir a passagem de trabalhadores entre Portugal e Espanha.

Esta reabertura está a ser discutida com as autoridades espanholas.

Páginas