Está aqui

Descoberta

Universidade de Évora descobre nova planta em Vila Nova de Milfontes

A Universidade de Évora anunciou a descoberta de uma nova planta endémica, “rara e fortemente ameaçada”, que cresce em charcos temporários e está “restringida a nível mundial a pequenas áreas da Costa Vicentina”, revela a agência Lusa.

A planta, denominada Helosciadium milfontinum, foi descoberta no âmbito de um estudo conjunto entre a Universidade de Évora (UÉ) e botânicos da Universidade de Oviedo, em Espanha.

VILA VIÇOSA: DESCOBERTO AQUEDUTO SUBTERRÂNEO

No início do mês, uma equipa de técnicos realizava tarefas de identificação e de registo fotográfico das cisternas existentes em Vila Viçosa (Évora) - ao abrigo de um projeto que visa um levantamento do património subterrâneo da “princesa do Alentejo” - quando por acaso encontrou este aqueduto subterrâneo datado do séc. XVII.

O achado foi realizado no Convento dos Capuchos (séc. XVII) e que já serviu de casa a franciscanos e capuchinhos, sendo atualmente a residência das Irmãs Escravas do Divino Amor.