Está aqui

Caritas Diocesana de Beja

Pandemia coloca imigrantes trabalhadores no Alentejo na mendicidade

A antecipação do fim da campanha da azeitona e a pandemia deixaram muitos estrangeiros no Alentejo “numa situação aflitiva”, adianta o jornal Público.

Em meados de setembro, milhares de cidadãos estrangeiros de países do subcontinente indiano (como Nepal, Índia, Paquistão ou Bangladesh), ou da África subsariana (como Senegal, Guiné-Bissau, Guiné-Conacri, Gâmbia e Gana), chegam a Beja para trabalhar na campanha da azeitona, que termina, em anos normais, no início de fevereiro.

Banco Alimentar de Beja receia só poder apoiar famílias até janeiro

O número de associações dedicadas ao apoio a famílias com graves problemas de subsistência em 13 dos 14 concelhos do Baixo Alentejo passou de 30 para 65, entre a primeira e a segunda vaga pandémica, adianta ao jornal Público o presidente do Banco Alimentar Contra a Fome (BACF) de Beja, Tadeu de Freitas.

Produtores do Baixo Alentejo doam azeite para refeições sociais da Cáritas

Para a Cáritas Diocesana de Beja o balanço da campanha "Azeite Solidário, uma Gota de Esperança" é positivo. Só em 2017 foram servidas através da resposta social da instituição 105 mil refeições, que necessitam de qualquer coisa como 3 mil litros de azeite, que está a ser doado por produtores da região.
 

BEJA RECOLHE MATERIAL ESCOLAR PARA CRIANÇAS CARENCIADAS

Cáritas Diocesana de Beja procura voluntários para recolha de material escolar

A Cáritas de Beja volta a envolver-se na recolha de material escolar nas lojas da SONAE para os mais necessitados e procura voluntários para esta recolha, que decorrerá nos 3 e 4 de Setembro.

BEJA: CHEF ANTÓNIO NOBRE COM RECEITAS PARA GENTE EM DIFICULDADE

O projecto é da Cáritas Diocesana de Beja, que tem mais de 8000 utentes, dá pelo nome de "Sabores Solidários" e consiste na elaboração de receitas com os alimentos que chegam através do Fundo Europeu de Auxilio às Pessoas Mais Carenciadas (FEAC).

A necessidade de reduzir ao mínimo o desperdício e tornar mais variada a forma de confeccionar refeições, com receitas fáceis, saborosas e apelativas levou os promotores a convidar o Chef António Nobre que se envolveu profundamente no projecto.