Está aqui

Bacia do Guadiana

Barragens da bacia do Guadiana entre 50% e 80% de capacidade

O volume armazenado aumentou em sete bacias hidrográficas no último dia do mês de fevereiro, comparativamente ao último dia do mês anterior, tendo-se verificado uma descida em cinco bacias hidrográficas.

Segundo a Rádio Pax, das 60 albufeiras monitorizadas pelo Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos (SNIRH), sete apresentam disponibilidades hídricas superiores a 80% do volume total, e 13 disponibilidades inferiores a 40%.

Na bacia do Guadiana, a maioria das barragens está entre os 50% e os 80% da sua capacidade. Já Alqueva armazena 78,7% de água.

Barragens do Roxo e Monte da Rocha abaixo dos 20% da sua capacidade

No último dia do mês de novembro passado, e comparativamente ao último dia do mês de outubro, verificou-se um aumento do volume armazenado numa bacia hidrográfica e uma descida em 11.

Os dados do Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos (SNIRH), citados pela Rádio Pax, indicam que das 60 albufeiras monitorizadas, seis apresentavam disponibilidades hídricas superiores a 80% e 15 inferiores a 40%.

Na bacia do Guadiana seis albufeiras estavam entre os 50% e os 80% da sua capacidade e três abaixo dos 50%. O Alqueva armazenava 78% de água.

Bacias hidrográficas do Alentejo aumentam o seu volume em abril

Quatro bacias hidrográficas aumentaram o seu volume armazenado durante o mês de abril, segundo os dados publicados pelo SNIRH – Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos.

De acordo com a Rádio Pax, das 59 albufeiras monitorizadas, 32 apresentam disponibilidades hídricas superiores a 80% do volume total e quatro têm disponibilidades inferiores a 40%.

Assim, na Bacia do Guadiana, seis barragens armazenavam mais de 80% do seu máximo e três estavam entre os 50 e os 80% da sua capacidade limite. Já Alqueva armazenava 90% da sua capacidade máxima.

Alqueva tem praticamente a mesma quantidade de água que Espanha

As chuvas de fevereiro encheram de tal forma o Alqueva, que há praticamente a mesma quantidade de água que os espanhóis conseguiram armazenar no seu lado da bacia do Guadiana, avança o Público.

A 22 de março, o balanço apresentado pela Confederación Hidrográfica del Guadiana (CHG) contabiliza que a soma do volume de água existente nas 34 barragens instaladas em território espanhol atingia os 3884 milhões de metros cúbicos, quando podem receber 9438 milhões de metros cúbicos de água.

Alqueva e barragens alentejanas atingem mais de 80% de capacidade

No último dia do mês de fevereiro verificou-se um aumento do volume armazenado em 11 bacias hidrográficas, comparativamente ao último dia do mês anterior, avança a Rádio Pax.

Segundo os dados publicados pelo SNIRH - Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos, das 59 albufeiras monitorizadas, 36 apresentam disponibilidades hídricas superiores a 80% do volume total e quatro têm disponibilidades inferiores a 40%.