Está aqui

Aljustrel

Aljustrel recebe primeira remessa de clones de canábis vinda do Canadá

Aljustrel, que está a construir um centro de produção, extração e fabrico de canábis com 650 mil metros quadrados, vai receber uma primeira remessa de clones de canábis vinda da Colômbia Britânica, Canadá.

O canábis legal de Aljustrel

Quase um ano depois de no Parlamento ter sido aprovada a legalização da canábis em Portugal para fins medicinais, no Alentejo vai haver uma plantação de canábis leal e oficial. Localizada em Aljustrel, esta plantação destina-se a fins medicinais e vai criar cerca de 150 postos de trabalho.

Numa área de aproximadamente 70 hectares - que estarão funcionais já em 2020 - esta plantação representa um investimento de 45 milhões de euros por parte da multinacional RPK Biopharma, do grupo internacional Holigen, e prevê uma produção anual de 700 toneladas.

Conferências de Aljustrel debatem impacto da descentralização no Alentejo

As problemáticas do dito Interior, seu declínio e desenvolvimento, passaram a ser matéria obrigatória no discurso político e público, embora sem consequências claras para um real desenvolvimento desses vastos territórios. Assim pensa a organização das Conferências de Aljustrel, o que justifica trazer ao debate Descentralização de competências nos territórios de baixa densidade e programas nacionais de desenvolvimento como tema central das Conferências de Aljustrel de 2019, pela mão do município.

Junho traz a Feira do Campo a Aljustrel

A edição deste ano da tradicional Feira do Campo Alentejano, em Aljustrel, vai decorrer de 7 a 9 de junho, no Parque de Feiras e Exposições.

O certame atraí, todos os anos milhares de visitantes e é organizado pela Câmara Municipal. Esta feira pretende mostrar as potencialidades económicas do concelho, com especial destaque para as atividades agrícolas e turísticas e ainda para a tradição, o artesanato e a gastronomia.

A variante em Aljustrel será construída - garantia do Governo

O ainda ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques – será cabeça de lista do PS nas próximas eleições europeias – garantiu esta semana que a construção da variante rodoviária em Aljustrel será uma realidade e que irá constar o Programa Nacional de Investimentos 2030.

Este anúncio foi feito em Beja, durante uma união com os autarcas do distrito, na sede da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) e deixou o autarca Nelson Brito muito satisfeito.

Mineira sueca vai investir 1,5 milhões em Aljustrel

A Epiroc, uma empresa mineira sueca ligada à também sueca Atlas Copco, que produz equipamento de mineração, já celebrou um contrato de compra e venda de um lote industrial em Aljustrel, para aí construir uma unidade industrial, numa área de 10 mil m2, para trabalhar com as minas da Almina e Somincor.

Segundo Nelson Brito, presidente daquele município alentejano, o investimento da Epiroc na "vila mineira" pode ascender a 1,5 milhão de Euros e prevê fixar e criar aproximadamente 60 novos postos de trabalho nas áreas da mecânica e manutenção industrial para o sector mineiro.

Nelson Brito reivindica devolução de Tábuas de Vipasca a Aljustrel

As Tábuas de Vipasca, compostas por mais do que uma placa, em bronze com inscrição jurídica em latim, denominada "Lex Metallis dicta", estão a ser reclamadas pelo município de Aljustrel, após ter reavido uma estela funerária da Idade do Bronze, detida indevidamente por um arqueólogo a quem o Estado intentou uma ação judicial e venceu, entregue à guarda do Museu Municipal de Ajustrel..

Aljustrel investe 5ME para apoiar empresas

São quase cinco milhões de euros aqueles que a Câmara de Aljustrel vai investir em quatro projetos de áreas de acolhimento de empresas no concelho.

Entre os investimentos encontram-se a expansão da Área de Acolhimento Empresarial e a criação do Centro de Negócios da vila de Aljustrel, orçados em 2,2 milhões de euros e de 1,1 milhões de euros, respetivamente.

A estes, juntam-se a criação da Área de Acolhimento Empresarial da vila de Ervidel, de 996 mil euros, e a requalificação da Área de Acolhimento Empresarial da aldeia de S. João de Negrilhos - 576 mil euros.

Aljustrel, Castro Verde e Castelo de Vide com fortes apostas no setor empresarial

É o maior investimento de sempre no concelho apoiado por fundos comunitários; são cerca de 5 milhões de euros que Aljustrel viu aprovados quatro projetos para áreas de acolhimento empresarial e incubadoras não tecnológicas.

Após o sinal positivo da Comissão Diretiva do Alentejo, estes projetos seguem a estratégia da autarquia de Nelson Brito para a inovação e promoção da atividade empresarial no concelho através da promoção e apoio ao empreendedorismo com base na criação de um ecossistema favorável ao desenvolvimento da atividade empresarial.

Estela funerária da Idade do Bronze entregue a Aljustrel após batalha jurídica

A estela funerária da Idade do Bronze, detida indevidamente por um arqueólogo a quem o Estado intentou uma ação judicial e venceu, vai ser entregue à guarda do Museu Municipal de Ajustrel e apresentada publicamente no dia 10 de janeiro de 2019, pelas 18h30, com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Aljustrel, da Diretora Regional de Cultura do Alentejo e do responsável pelo achado.

Páginas