Está aqui

Tecnologia

REGUENGOS REDUZ PEGADA CARBÓNICA COM VEÍCULOS ELÉTRICOS

O município de Reguengos de Monsaraz tem a partir de agora duas viaturas 100% elétricas para apoio à manutenção dos seus espaços verdes e jardins. Trata-se de dois veículos ligeiros de mercadorias com sistema de caixa basculante e que representaram um investimento de cerca de 40 mil euros comparticipado pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente que vai reforçar a estratégia ambiental da autarquia e reduzir a sua pegada carbónica.

 

ÉVORA VAI PARTILHAR TECNOLOGIA DE PONTA ATRAVÉS DO ERIHS.PT

A plataforma ERIHS.pt é lançada amanhã em Évora, congrega 3 dos mais avançados laboratórios do país na área do património e irá permitir o acesso gratuito à tecnologia de ponta e conhecimento na área da conservação e reabilitação do património a investigadores, instituições e empresas.

O lançamento desta nova ferramenta conta com a participação dos ministros da Cultura, Luís Castro Mendes e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

NACIONAL 114 EM MONTEMOR VAI PROTEGER CORUJAS E ANFÍBIOS

A infraestruturas de Portugal vai arrancar com obras de protecção da fauna, na EN114 em Montemor-o-Novo. Segundo a IP vão ser instaladas vedações para encaminhamento de voo de corujas e de barreiras de proteção de anfíbios, no troço localizado no concelho de Montemor-o-Novo, distrito de Évora.

A empreitada encontra-se atualmente em fase de receção de propostas ao Concurso Público e envolverá um investimento estimado em 90 mil euros.

SERPA COM NOVO INVESTIMENTO DE 5 MILHÕES DE EUROS EM OLIVAL

A Herdade Maria da Guarda, uma casa agrícola desde 1779, conhecida pela sua produção de azeite em Serpa, prepara-se para investir 5 milhões de euros na aquisição de mais terrenos na região para plantar 120 mil oliveiras, aumentando assim o seu olival para 1,3 milhões de árvores.

RISCO DE RUPTURA DA BARRAGEM DE ODIVELAS COM PLANO DE EMERGÊNCIA

Habituámo-nos a olhar para as barragens como super-estruturas que garantem o armazenamento da água, o lazer e a produção de energia mas esquecemos que apesar de serem resultado de engenharia avançada, o peso que têm de suportar durante décadas comporta riscos. Não temos memória de nenhuma catástrofe com barragens em Portugal mas estas são alvos de inspecções de rotina e de planos de emergência para o caso de ruptura, que análisam separadamente, entre outras consequências, as perdas de vidas humanas e as perdas económicas.

ÉVORA LANÇA PLATAFORMA INOVADORA PARA A REABILITAÇÃO DO PATRIMÓNIO

Dá pelo acrónimo ERIHS.PT e vai ser lançada em Évora no próximo dia 10 de janeiro. Falamos da Plataforma Portuguesa da Infraestrutura Europeia para as Ciências do Património, a única infraestrutura do Roteiro Nacional de Infraestruturas de Interesse Estratégico (RNIIE) na área da conservação e reabilitação de património cultural.
 

BOEING QUER COMPRAR A BRASILEIRA EMBRAER COM FÁBRICAS EM ÉVORA

Atualizada às 18h39

O gigante norte-americano da aviação Boeing está a negociar a compra da brasileira Embraer, a terceira maior construtora de aviões do mundo. A notícia está a ser avançada pelo Wall Street Journal, que adianta que o estado brasileiro tem uma golden share na empresa e pode impedir a venda.

O Presidente do Brasil, Michel Temer, já adiantou que não permitirá que qualquer outra empresa venha a controlar a EMBRAER, embora admita investimento estrangeiro na fabricante de aviões.

GALP AGUARDA POR NOVA LICENÇA PARA EXPLORAR PETRÓLEO NO ALENTEJO

O consórcio ENI/Galp ainda não desistiu de avançar com a prospeção de petróleo ao largo da costa Vicentina e Alentejana e, apesar de um número crescente de vozes opositoras organizadas em movimentos de cidadãos como o ASMAA – Algarve Surf and Marine Activities Association, que já fez chegar à Assembleia da República uma petição e sobretudo autarcas na costa alentejana, espera conseguir ver aprovado um prazo de prorrogação do contrato de pesquisa para as concessões Santola, Gamba e Lavagante, localizadas no mar, a cerca de 46 quilómetros da costa entre Sines e Vila do Bispo.

ÉVORA: NOVO SISTEMA DE IRRIGAÇÃO POUPA 70% DE ENERGIA E 30% DE ÁGUA

O regadio agrícola, que necessita de muita energia e é responsável pelo consumo de cerca de 70% da água a nível mundial, está a causar forte pressão no consumo de água que é um bem cada vez mais escasso e com cada vez maior procura, resultado do aumento da população mundial. Para tornar o sistema sustentável é preciso não só reduzir o consumo de água mas também reduzir a quantidade de combustíveis fosseis utilizados na irrigação agrícola.

OPORTUNIDADES NO SETOR AERONÁUTICO HOJE EM ÉVORA

O Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia (PACT), antigo Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo, em Évora, recebe hoje o “Road Show Setor Aeronáutico no Alentejo – Oportunidades de Empreendedorismo” que "pretende incentivar o estabelecimento de contatos e networking entre as empresas existentes e empreendedores do setor, promovendo o desenvolvimento de novos projetos, e criando condições para a sua implementação no mercado".

Páginas