Está aqui

Sociedade

RUI NABEIRO: O PATRÃO QUE MANDOU PASSEAR A NESTLÉ E A PEPSI

Retrato de um patrão que mandou passear a Nestlé e a Pepsi, preferindo sacrificar a rentabilidade a despedir trabalhadores: Eis Rui Nabeiro, o herói do Alentejo. É assim que arranca a peça da RTL, a Rádio Televisão do Luxemburgo a propósito de Rui Nabeiro, dono do grupo Delta Cafés de Campo Maior, no Alentejo.

Filantropo de 85 anos, Rui Nabeiro construiu a 12.ª maior fortuna do país na indústria do café, que dá trabalho a um em cada cinco habitantes da sua vila natal, Campo Maior, em Portalegre e um dos poucos a escapar à crise que assola o interior do País.

BEJA QUER FLORES EM TODAS JANELAS E VARANDAS

Beja prepara-se para aderir ao Eva Dream, Florir Portugal e vai distribuir flores pela população para serem colocadas nas janelas e varandas da cidade. A ideia é embelezar a cidade, contribuir para o seu desenvolvimento turístico, melhorando o espaço público. O objectivo é florir a cidade de uma ponta à outra. Para o efeito apresenta publicamente a ideia hoje, às 18h00, que será implementada ao longo do mês de Maio.

VETERANOS DO CLUBE DE RUGBY DE ÉVORA FAZEM "ENSAIO" SOLIDÁRIO

Os Veteranos do Clube de Rugby de Évora (CRÉ) organizam o seu XV torneio de Veteranos amanhã e querem marcar um "ensaio convertido" no apoio à Associação Pão e Paz, uma associação de solidariedade social de Évora, que se debate neste momento com dificuldades para garantir as mais de 280 refeições por dia que serve gratuitamente a pessoas e crianças carenciadas.
 
Para o efeito a organização está a pedir forte mobilização e a troco da entrada para o torneio, os espetadores devem entregar bens alimentares, sobretudo leite, azeite, enlatados e massas.

MÃE! QUE MÃE ÉS HOJE?

Quando fui mãe vivi os dias mais felizes da minha vida! Pensei para mim mesma, como poderia um ser tão pequeno tão dependente, tão perfeito tão lindo produzir aquele sentimento maravilhoso em mim?

ALENTEJO JÁ TEM O SEU WOODSTOCK

É recente mas está a ganhar força e projecção para além das fronteiras. Falamos do Flower Power Fest de Santo André, Costa Alentejana, um festival que comemora este ano os 47 anos do WOODSTOCK, absolutamente intergeracional e que ganhou recentemente o Best New Festival em Portugal e o Best Small Festival na Península Ibérica do IBERIAN FESTIVAL AWARDS 2016.

ALENTEJO CENTRAL VAI FAZER UM MASS TRAINING

A iniciativa envolve a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), o Comando Distrital de Operações de Socorro de Évora (CDOS) e Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e acontece amanhã (28 de Abril) na Arena d'Évora, para celebrar o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho com um Mass Training de Suporte de Vida, uma formação simultânea de grandes grupos e em larga escala.

DESEMPREGO EM ÉVORA É MAIOR DO QUE DIZ O IEFP

A acusação foi feita pela União dos Sindicatos do Distrito de Évora (USDE), afecta à CGTP, pela voz de Valter Lóios, em declarações à agência Lusa, na apresentação ontem um estudo social sobre a região.

Segundo os dados apresentados são neste momento entre 18 000 e 20 000 os desempregados no Distrito de Évora, quase o dobro dos avançados nas listas do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), publicadas em Fevereiro (10 700 desempregados).

PRAGA DO ESCARAVELHO-VERMELHO AMEAÇA PALMEIRAS NO ALENTEJO

Leva já uma década o combate à praga com origem na Ásia e que está a dizimar milhares de palmeiras por todo o país, muitas delas centenárias, com custos enormes em tratamentos que muitas vezes são tardios ou ineficazes e no consequente abate e incineração. Falamos do escaravelho-vermelho (Rhynchophorus ferrugineus) cuja expansão para o ocidente se fez a partir dos anos oitenta do século passado vindos do Médio Oriente, afetando o Norte de África, Orla Mediterrânica e, pelo Algarve, o resto do País.

CAVALO VOLTA A SER REI EM SANTIAGO DO CACÉM

Há quem a considere a maior e melhor feira de actividades económicas do Alentejo Litoral, que já leva cerca de 3 décadas de existência. Falamos da SANTIAGRO, a Feira Agropecuária e do Cavalo, em Santiago do Cacém, que decorre entre 26 e 29 de Maio.
 
Este ano a novidade é que esta se estende por quatro dias, pejada de actividades em torno da agricultura, da pecuária, da silvicultura, de provas de vinhos e produtos regionais e, é claro, do cavalo, que aqui é rei, com uma gala dedicada e batismos equestres e que leva milhares de visitantes, ao certame.

Páginas