Está aqui

Música

Em Beja os monumentos vão estar abertos até à meia-noite

O Festival B, em Beja, começa hoje, quinta-feira, 27 de junho e vai acontecer pelos espaços mais emblemáticos da cidade alentejana.

Hoje, amanhã e sábado, a Capela da Piedade, o Castelo de Beja e o Museu Regional Rainha D. Leonor vão estar abertos até à meia noite. No domingo, último dia do Festival, encerram às 21 horas.

Beja começa hoje 2.º edição do premiado Festival B

O Festival B, em Beja, começa hoje, quinta-feira, 27 de junho e vai acontecer pelos espaços mais emblemáticos da cidade alentejana. Sempre ligado às raízes e tradições alentejanas e mediterrânicas, o Festival B não aspira bater recordes de assistência. Prefere antes apostar na qualidade, e quer simplesmente ser um festival diferenciado, por isso mereceu este ano a distinção da Região de Turismo. O que parece modéstia tendo em conta o cartaz de músicos que preenchem o programa deste ano.

Em Alcácer vai cantar-se o fado a bordo de um galeão

“Há Fado no Sado” em Alcácer do Sal, no dia 5 de julho. O concerto intimista vai ser feito a bordo do galeão do sal Pinto Luísa, num passeio que se realiza entre as 17h e as 20h.

Hinos e Marchas para D. Maria II de Portugal na Capela do Paço Ducal de Vila Viçosa

Hinos e Marchas para D. Maria II de Portugal é o nome do próximo recital da Temporada de Concertos 2019 na Capela do Paço Ducal de Vila Viçosa e que acontece na próxima sexta-feira, dia 28 de junho.  

O concerto conta com Pedro Santos no acordeão e João Pedro Silva no saxofone. Este é um concerto no âmbito da longa tradição musical da Casa de Bragança, que remonta ao período de construção do Paço Ducal, no início do século XVI, sendo a temporada de concertos deste ano comemorativa dos 200 anos do nascimento da rainha D. Maria II.

Évora vai ter ópera épica dedicada à história de Geraldo e Samira

Quinta-feira, 27 de junho, é expectável uma grande azáfama em torno da Arena D'Évora, o espaço multiusos da cidade. Os artistas da região receberam um convite para aí comparecerem e se envolverem numa "grande produção", como atores, figurantes, cenários, guarda-roupa ou frente-de-casa. O objetivo? Estrear a 31 de agosto uma ópera dedicada à cidade com o sugestivo nome de Geraldo e Samira, heróis dramáticos do período da reconquista da cidade aos mouros.
 

Ferreira do Alentejo celebra 121 anos da independência das Filipinas com concerto

Não se trata de um evento comum mas decorre das relações entre a República das Filipinas e o Município de Ferreira do Alentejo, que recebe o concerto das comemorações do 121º Aniversário da Proclamação da Independência das Filipinas, no próximo dia 21 de junho, às 21h30, no Jardim Público de Ferreira do Alentejo.

Évora: Toda a gente se encontra na Feira de S. João

A Feira de S. João em Évora abriu portas ontem, 21 de junho e decorre até ao dia 30 de junho, no descampado do Rossio de S. Brás. O tema escolhido para este ano será a Candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura 2027, um objetivo estratégico assumido pela Câmara Municipal..

"Entre o sonho e a realidade, entre a ilusão e a verdade" em Ponte de Sor

Não nos parece que se faça algo de semelhante no País ao que vai acontecer entre o próximo sábado, dia 22 de junho e dia 6 de setembro, em Ponte de Sor, naquele que é o festival internacional que convida o público a entrar num genuíno ambiente teatral do século XVII, no espetáculo de abertura inspirado no universo barroco "Bruits de Coulisses", da companhia francesa de circo aéreo acrobático Les P’tits Brás. Segundo a organização a peça é feita de histórias “entre o sonho e a realidade, entre a ilusão e a verdade, com fantasia, poesia e humor”.

Está quase fechado cartaz do Festival do Crato. Contamos-lhe tudo

Eis que já sabemos aquilo que faltava saber, os últimos nomes relevantes a fechar o cartaz do Festival do Crato para este ano. The Gift, Capitão Fausto, ProfJam e I love Funk confirmam assim a participação no emblemático festival do interior alentejano e que decorre este ano de 27 a 31 de agosto.

Órgãos com quase 3 séculos vão dar concerto único em Évora

A data escolhida para um concerto único de 3 órgãos históricos construídos por Oldovino foi a do dia da cidade de Évora, 29 de junho, dia de S. Pedro e feriado municipal. A particularidade deste concerto é a de que tocarão em simultâneo os 3 instrumentos históricos construídos no século XVIII pelo organeiro genovês Pascoal Caetano Oldovino: o da Capela-Mor, o da Tribuna Real e o mais pequeno, que se encontra no transepto direito da nave.

Páginas