22 Janeiro 2021      20:09

Está aqui

A chaminé da vida

A chaminé da casa

liberta o fumo

das conversas

à lareira.

 

No inverno

a noite termina sempre

onde começa;

a melodia das vozes e

os timbres mais previsíveis

são o aconchego

de quem se limita a escutar.

 

As horas passam

e ninguém ousa romper

o semicírculo da reunião

familiar.

 

A rua cheira a lareira;

e neste momento sei

que o olfacto é o sentido

que me faz lembrar

o passado com todos

presentes.

 

Na chaminé daquela casa

é onde hoje

brotam as estrelas.

 

Foto de Casa de hóspedes Monte do Vale (Vila Boim) em Booking. com

 

 

 

---------------------------------------------------------------------------

Ricardo Jorge Claudino nasceu em Faro em 1985. Actualmente reside em Lisboa. Mas é Alentejo que respira, por inigualável paz, e pelos seus antepassados que são do concelho de Reguengos de Monsaraz. Licenciado em Engenharia Informática e mestre em Informação e Sistemas Empresariais pelo Instituto Superior Técnico de Lisboa. Exerce desde 2001 a profissão de programador informático. Também exerce desde que é gente o pensamento de poeta.

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.