Está aqui

Negócios e Empresas

CHINELOS DE CORTIÇA JÁ ANDAM POR TODO O MUNDO

AsPortuguesas são uma marca de chinelos feitos em cortiça, amigas do ambiente, nascidas da parceria da Ecochic e da Amorim Cork Ventures, do Grupo Amorim. AsPortuguesas nasceram em 2016 e já são exportadas para Médio Oriente, Estados Unidos da América, França, Alemanha e Reino Unido.

Há 11 modelos disponíveis e os preços variam entre 30 e os 35 euros.

UVA A UVA, COMO SE FAZ VINHO NA ADEGA MAYOR

A Adega Mayor, do Grupo Nabeiro, em Campo Maior, está a lançar uma nova experiência de enoturismo que promete levantar um pouco o véu sobre o processo pelo qual as uvas passam até se transformarem em vinho.

Esta experiência, "Uva a Uva, até um Vinho Mayor”, dá a oportunidade a todos os visitantes de viver a cultura alentejana, conhecer os segredos e técnicas da vindima manual e todo o processo de transformação e produção de vinho, assim como visitar a Adega e realizar um workshop vínico, naquela prestigiada adega, assim como almoçar.

TURISMO NO ALENTEJO CONTINUA EM CRESCIMENTO

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (INE) e se comparar-mos o número de dormidas no Alentejo em junho de 2016 e junho de 2017, apuramos um crescimento de 11,4%, distribuídas por aumentos de 7,7% nas dormidas de turistas residentes e 18,6% de turistas não residentes.

Neste mesmo mês e em relação aos proveitos, regista-se um aumento de proveitos de 20,9% quando comparados com o mesmo período do ano anterior.

O rendimento médio por quarto subiu no período homólogo dos 30,9 euros para os 36,6 euros.

INCÊNDIOS COLOCAM VENDA DE MADEIRA A MENOS 20% DO SEU VALOR REAL

A denúncia foi feita por João Branco, Presidente da Direção Nacional da Quercus, aos microfones da Rádio Portalegre, a propósito dos incêndios em Nisa e cujas espécies perdidas que integram a floresta autóctone do Alto Alentejo, onde se contam carvalhos, sobreiros e zimbrais, poderão "levar até 200 anos a serem recuperadas".

ALCÁCER DO SAL VENCE AÇÃO JUDICIAL CONTRA "A GIGANTE" EDP

Em causa estava o usufruto por parte do EDP, enquanto concessionária da rede de baixa tensão de "uma receita indevida pela disponibilização dos apoios a diversos operadores de telecomunicações" e que levou o Município de Alcácer do Sal a intentar uma ação judicial contra esta empresa reclamando o pagamento de uma indemnização num valor não revelado.

A disputa foi resolvida em tribunal arbitral, com a condenação da EDP a "pagar ao município de Alcácer do Sal 50% de toda a receita que auferiu desde o ano de 2008 ao ano de 2017", segundo comunicado da autarquia.

ESTRADA DE PEGÕES COM 3,6 MILHÕES PARA REQUALIFICAÇÃO

Os pouco mais de 25 quilómetros de estrada entre o Montijo e Pegões, que há anos estão em mau estado e condicionam a circulação naquele troço da estrada nacional n.º 4, vão sofrer uma intervenção de 3,6 milhões de euros nos próximos 10 meses segundo a Infraestruturas de Portugal (IP).

ELVAS: HOTEL CONVENTO DE S. PAULO INAUGURADO EM DEZEMBRO DE 2018

O primeiro projeto do programa Revive, que cede à exploração de privados edifícios históricos, foi o Convento de São Paulo em Elvas, em Outubro do anos passado e, segundo o Grupo Vila Galé, o vencedor do concurso, o hotel que está a nascer no edifício, num investimento de 5 milhões de euros, está a cumprir prazos e vai ser inagurado em dezembro de 2018.

Estamos a falar do hotel Vila Galé Elvas Spa & Conference, de 66 quartos, dois restaurantes, spa, piscina exterior, salas para coferências e eventos e que vai criar 50 postos de trabalho.

BARRANCOS É 1.º LUGAR NO RANKING DO DESEMPREGO NACIONAL

O jornal Dinheiro Vivo elaborou um ranking com base nos dados mais recentes publicados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional e pelo Instituto Nacional de Estatística, que não dispõe de dados atualizados em relação à população activa e concluiu que a Vila de Barrancos, no Baixo Alentejo, tem o valor mais alto  de desemprego do país, com um rácio de 10,4%.

Apesar destes rácios subestimarem a taxa de desemprego uma vez que contabilizam a população total do concelho, idosos, estudantes, todos os inativos, Barrancos apresenta o mais alto valor de desemprego do país.

INCIDENTE COM PRODUTO TÓXICO NA EMBRAER EM ÉVORA

A PSP de Évora registou ontem, 12 de agosto, um incidente com produto tóxico na fábrica da Embraer em Évora. Uma fuga de peróxido de cromo estará na origem do incidente que provocou ferimentos ligeiros num trabalhador e num dos bombeiros que interveio no local.

O derrame do produto tóxico foi combatido com pó de absorção e recolhido pelos bombeiros, que fizeram deslocar para a zona do incidente, 15 operacionais e cinco veículos. Segundo a PSP não houve contaminação para o exterior da fábrica.

Imagem de capa de magazineindependente.com

AMBIENTALISTAS PROTESTAM CONTRA EXPLORAÇÃO DE PETRÓLEO NO ALENTEJO

Cerca de 400 ambientalistas, com o apoio das autarquias de Aljezur e de Odemira, protestam hoje na Praia de Odeceixe, contra a prospeção de petróleo na Costa Vicentina e no Sudoeste Alentejano. Segundo a organização, os ambientalistas vão desenhar com os seus corpos a mensagem "Não ao Furo", dirigidas pelo desenhador de arte aérea, John Quigley.

O consórcio liderado pela petrolífera italiana Eni com a Galp, vai avançar com o furo exploratório ao largo de Sines, na costa alentejana, entre abril e junho de 2018, segundo informação da GALP.

Páginas