Está aqui

Vendas Novas

Vendas Novas com novo pacote de apoios às empresas

Devido aos impactos severos na vida social e económica provocados pela pandemia de COVlD-19, a Câmara Municipal de Vendas Novas tem um novo pacote de apoios às empresas até junho, e vem estender ainda mais o programa que dura já desde março de 2020, data em que o município começou a tomar medidas de apoio ao tecido empresarial local, a defesa das empresas e manutenção postos de trabalho.

Este apoio visa auxiliar os empresários a mitigar os efeitos da crise provocada pela pandemia, dentro daquilo que são as possibilidades do executivo de Luís Dias, que pôs em prática mais medidas:

Vendas Novas já está a vacinar idosos e profissionais de saúde contra a Covid-19

Arrancou hoje, dia 12 de janeiro, a vacinação contra a COVID-19 em Vendas Novas, tendo sido os profissionais de saúde que prestam serviço no Centro de Saúde os primeiros a serem vacinados logo pela manhã.

De seguida a campanha de vacinação continuou pelo dia dentro junto de utentes e funcionários dos lares de idosos.

Esta 1.ª fase, que decorre até dia 15 de janeiro, irá permitir que 450 pessoas de Vendas Novas, entre médicos, enfermeiros, assistentes operacionais, utentes e funcionários de lares, fiquem vacinados contra a COVID-19.

 

 

Vendas Novas pede ao Governo encerramento das escolas e ensino à distância

Uma reunião extraordinária da Comissão Municipal de Proteção Civil de Vendas Novas decorrida ontem, 4 de janeiro, serviu para avaliar a situação pandémica no concelho e aprovar uma recomendação ao Governo da possibilidade de ensino à distância para os alunos de todos os ciclos de ensino.

Vendas Novas pediu assim autorização ao Ministério da Educação para, nas próximas semanas, recuperar o regime de ensino à distância para o pré-escolar, 1º e 2º ciclo do Agrupamento de Escolas, à semelhança do que aconteceu com os alunos a partir do 7.º ano.

Vendas Novas apoia natal de 200 famílias carenciadas com bens alimentares

As 200 famílias de Vendas Novas beneficiárias da iniciativa “Natal Solidário”, já começaram a levantar os respetivos vales que lhes dão acesso a um conjunto de bens alimentares que "irão tornar a sua época natalícia um pouco menos difícil", defende Luís Dias, presidente daquele município alentejano.

Leite, sumo, azeite, óleo, massa, arroz, farinha, ananás, bacalhau e bolo-rei, são exemplos de produtos que compõem o cabaz.

Vendas Novas tem uma empada que vale ouro

Quando se trata de gastronomia, Vendas Novas está profundamente ligada às deliciosas bifanas locais, mas não é tudo.

A cidade alentejana também tem outras iguarias de grande valor e agora tem até uma Empada que vale ouro.

A “Empada Rainha” de Vendas Novas venceu uma medalha de ouro no 6º. Concurso Nacional de Pastéis e Empadas Tradicionais Portugueses, inserido na Feira Nacional da Agricultura e numa organização da QUALIFICA/ oriGin PORTUGAL.

IP lança concurso de 85 milhões para modernizar linha de Vendas Novas

A Infraestruturas de Portugal (IP) lançou o concurso público relativo à empreitada de modernização da linha ferroviária de Vendas Novas, num preço-base de 85 milhões de euros, avança a Lusa.

De acordo com a empresa, a linha ferroviária alvo do concurso “desenvolve-se ao longo de 69,375 quilómetros, entre Setil, onde cruza a Linha do Norte, e Vendas Novas, onde interseta a Linha do Alentejo”, atravessando os concelhos de Cartaxo, Salvaterra de Magos, Coruche, Montijo, Montemor-o-Novo e Vendas Novas.

Providência cautelar da Extraoils obriga Município de Vendas Novas a reabrir coletor de esgoto

Após a interposição de uma providência cautelar por parte da empresa Extraoils, 4 The Future, Lda. contra o Município de Vendas Novas, o Tribunal Administrativo e Fiscal de Beja obrigou a autarquia, no imediato, a reabrir o coletor de esgoto que serve as instalações da empresa.

A autarquia de Vendas Novas identificou a Extraoils – Oils 4 The Future como a responsável pelos maus cheiros de origem industrial que afetavam a qualidade de vida da população.

Empresa apontada por poluição em Vendas Novas acusa autarquia de ilegalidade

A empresa apontada pela autarquia de Vendas Novas e pelo Ministério do Ambiente de ser a responsável pelas descargas poluentes que estão a causar mau cheiro naquela cidade alentejana rejeita as acusações e vem agora acusar a autarquia de ilegalidade, na sequência de uma decisão camarária de ontem, dia 2 de setembro, que determinou o encerramento do coletor de esgotos que serve aquela unidade industrial de tratamento de óleos.

Vendas Novas aprova hoje medida para "travar imediatamente" problema ambiental

Vendas Novas depara-se com um identificado problema ambiental que tem afetado a vida da população com maus cheiros de origem industrial. O Município e o Ministério do Ambiente já apontaram o dedo à empresa Extraoils – Oils 4 The Future, instalada na zona industrial daquela cidade, que tem rejeitado as acusações.

Vendas Novas quer encerrar coletor de descargas da Extraoils

A Câmara Municipal de Vendas Novas adjetiva de "lamentável, recorrente e intolerável situação" do mau cheiro vivida naquele concelho alentejano, decorrente de descargas no esgoto público por parte da empresa Extraoils – Oils 4 The Future, instalada na zona industrial daquela cidade.

Páginas