Está aqui

Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA)

Mina de São Domingos: população exige reposição do médico de família

A Comissão de Moradores da freguesia da Corte do Pinto exige a reabertura do Posto Médico da Mina de São Domingos, no concelho de Mértola, “encerrada desde 26 março de 2020”, assim como a “reposição do médico/a de família”, adianta a Rádio Pax. Uma vigília junto ao Posto Médico está agendada para sexta-feira, dia 30 de julho, pelas 18h30.

Ourique vai ter um Centro de Saúde novo

Já foi lançado o concurso público para construir novo Centro de Saúde de Ourique, um investimento de cerca de 1,2 milhões de euros, com recurso a fundos comunitários do FEDER.

Foi uma parceria entre a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) (responsável pela execução do projeto) e a Câmara Municipal de Ourique (cedeu o terreno) que tornou possível a construção deste novo centro de saúde na vila alentejana, junto ao quartel dos Bombeiros.

 

Imagem de ulsba.min-saude.pt

Alentejo: foram contratados 600 profissionais de saúde em ano de covid-19

Jorge Seguro Sanches, coordenador regional das medidas de combate à covid-19 no Alentejo, afirmou que a falta de recursos humanos foi suprida e que, “só no Alentejo, no último ano e num contexto de pandemia, foram contratados mais de 600 profissionais para o Serviço Nacional de Saúde (SNS)”.

Baixo Alentejo participa em projeto europeu de faturação eletrónica

A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) candidatou-se ao projeto europeu de faturação eletrónica denominado European Hospitals adopting the e-invoicing Directive, no âmbito do SNS sem papel.

Em declarações à Rádio Pax, o responsável pelo serviço de informática da ULSBA afirma que o objetivo é “implementar soluções de faturação eletrónica em 22 hospitais, repartido por entidades portugueses e húngaras, que pretendem facilitar a implementação da Norma Europeia de faturação eletrónica”.

Hospital de Beja aumenta capacidade para doentes Covid-19

Tem sido uma necessidade comum a vários hospitais portugueses.

Esta semana, foi o Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, a anunciar o aumento da sua capacidade de internamento em enfermaria e nos cuidados intensivos para doentes com Covid-19, como anunciou a administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

A capacidade da enfermaria passou assim de 24 camas no início do ano, para 46 e a capacidade de internamento de doentes Covid em Unidade de Cuidados Intensivos duplicou, sendo agora de oito camas e estando todas ocupadas.