Está aqui

Ordem dos Enfermeiros

Ordem volta a alertar para a falta de enfermeiros no Alto Alentejo

A Ordem dos Enfermeiros voltou a denunciar hoje uma alegada falta de enfermeiros nos serviços públicos de saúde do Alto Alentejo

“A falta de enfermeiros no Serviço Nacional de Saúde (SNS) no Alto Alentejo é um problema grave”, disse hoje à agência Lusa o presidente da Secção Regional do Sul da Ordem dos Enfermeiros, Sérgio Branco, que refere existirem em média naquela região sete enfermeiros para cada mil habitantes, número abaixo do defendido pela OCDE, que estabelece como referência 9,3 enfermeiros por cada mil habitantes.