Está aqui

Interioridade

CTT vão reabrir loja de Mora na próxima semana

A loja CTT de Mora reabri na próxima segunda, dia 30 de agosto.

Esta loja da vila alentejana terá uma nova localização, na Rua de São Pedro, e estará aberta nos dias úteis das 9h às 12h30 e das 14h às 17h30.

Será a 30ª loja a reabrir - das 33 que foram encerradas - em sedes de concelho, numa tentativa da empresa em aumentar a proximidade às populações.

 

Imagem de idealista .pt

Portalegre vai atribuir Medalha de Ouro da Cidade a Marcelo Rebelo de Sousa

A Câmara Municipal de Portalegre vai atribuir a Medalha de Ouro da Cidade ao Presidente da República pela forma como “chamou a atenção” do país nos últimos anos para os problemas relacionados com a interioridade, adianta a agência Lusa.

Esta distinção, que confere a Marcelo Rebelo de Sousa o título de cidadão honorífico de Portalegre, vai ser concedida no decorrer da cerimónia comemorativa dos 471 anos da elevação de Portalegre a cidade, no próximo domingo, 23 de maio, (dia da cidade), pelas 15h, na sala de congressos do município.

Viana do Alentejo reabre loja dos CTT

Vai reabrir mais uma loja dos CTT, desta feita em Viana do Alentejo.

A abertura acontecerá já amanhã e funcionará na Rua Brito Camacho, no espaço onde funcionava antes do encerramento.

Será a 19.ª loja a reabrir, num compromisso dos CTT em reabrir as lojas em sede de concelho, numa defesa do reforço da elevada proximidade às populações.

 

Imagem de ctt

Reabre mais um posto CTT no Alentejo

Esta segunda, dia 27, vai reabrir mais um posto CTT- Correios de Portugal no Alentejo, na vila do Fronteira.

Esta será a 17ª loja dos CTT a reabrir naquele que é um compromisso da empresa de reabrir lojas em localidade sede de concelho. Os CTT visam assim reforçar a proximidade às populações e da capilaridade da rede.

 

Imagem de cadenadesuministro.es

Eletricidade chega agora a mais 25 casas na Serra de Serpa

Foi um protocolo entre a Câmara Municipal de Serpa, a EDP e uma associação de moradores que permitiu a cooperação e a futura eletrificação de mais 25 habitações na Serra de Serpa.

Este protocolo de cooperação prevê que a EDP comparticipe com 85%, sendo a autarquia e os proprietários quem pagará os restantes 15%, aproximadamente 83 mil euros.

Em nota de imprensa, a autarquia recorda que a eletrificação da Serra de Serpa, teve início em 2012, quando mais de 200 casas e explorações agrícolas receberam então eletricidade.