Está aqui

Cantinas Escolares

Cantinas escolares de Évora vão passar a ter prato vegetariano e ementa mediterrânica

A lei mudou e as escolas vão passar a introduzir obrigatoriamente pratos vegetarianos nas escolas. Para além do cumprimento da legislação, o novo plano inclui o respeito pela sazonalidade dos produtos, que vão passar a ser de base local. Como falamos do Alentejo, as escolas vão passar a ter um maior número de pratos regionais, que integram a chamada dieta mediterrânica. O novo plano inclui ainda ementas escolares festivas, a definição de um calendário de frutas da época e a integração de propostas e indicações das próprias cozinheiras.

Ourique: Pais almoçam com os filhos nas cantinas escolares para atestar a qualidade das refeições

A Ordem dos Nutricionistas defendeu o mês passado que o Estado tem sido incapaz de fiscalizar a qualidade da comida servida nos refeitórios escolares. Alexandra Bento, bastonária da Ordem, dizia então não compreender porque motivo o Estado não era capaz de fiscalizar o respeito pelos normas por parte das cantinas escolares, que "na maioria" não cumpre as orientações dadas para as ementas e à qualidade nutricional das refeições disponibilizadas.

ASSAZ ATROZ

Que exemplo se presta à comunidade quando numa cantina escolar se permite servir às crianças frango cru à refeição? Ou viveremos num País disfuncional onde a “barbárie” impera e ganha força perante o indecente fracasso do papel social do estado, onde uns tudo têm e outros não têm nada?

Relata a comunicação social que, na data em que se celebrava o Dia Mundial da Alimentação, muitas crianças do segundo e terceiro ciclos foram brindadas à refeição com frango cru e arroz banhado em sangue.

Mas há mais! Não se trata apenas de um acaso de uma refeição (mal) servida.