Está aqui

Bolsas de Estudo

Odemira oferece 75 mil euros em bolsas de estudo e prémios de mérito

O Município de Odemira vai atribuir um total de 61 bolsas de estudo para alunos do concelho que frequentam o ensino superior e três prémios de mérito para alunos do ensino secundário no ano letivo 2019/2020, no valor total de 74.851,72 euros.

Vendas Novas vai atribuir 14 bolsas de estudo

O Município de Vendas Novas já abriu concurso para atribuição de bolsas de estudo para o ano letivo 2019-2020 para o Ensino Secundário, Ensino Profissional e Ensino Superior. Ao todo estão a concurso 14 bolsas de estudo, seis para o ensino secundário, três para o ensino profissional e cinco para o ensino superior, num total de 6250 euros.

As candidaturas deverão ser entregues no Serviço Municipal de Educação e serão analisadas de acordo com o aproveitamento do aluno e a sua situação socioeconómica.

Viana do Alentejo abre candidaturas para bolsas de estudo a estudantes do superior

O Município de Viana do Alentejo abriu hoje as candidaturas para atribuição de bolsas de estudo aos alunos do concelho que frequentam o ensino superior.  Estas candidaturas decorrem até 30 de outubro. No ano letivo 2018/2019 foram apoiados 44 estudantes com a Bolsa de Estudo por Carência Económica, que visa apoiar os alunos no início e prosseguimento dos estudos, que comprovem ter dificuldades económicas e tenham aproveitamento escolar.

Alcácer do Sal abre candidaturas para 20 bolsas a estudantes do superior

A Câmara Municipal de Alcácer do Sal vai atribuir 20 bolsas de estudo para estudantes do ensino superior no presente ano letivo.

Há 405 bolsas para quem queira vir estudar para o Alentejo

As Bolsas de Estudo da Direção Geral do Ensino Superior, cofinanciadas pelo Fundo Social Europeu (FSE) e pelo Estado Português no âmbito do Programa Operacional de Potencial Humano (POPH) são oferecidas a estudantes que pretendam estudar no interior do país. Para o Alentejo há disponíveis 405 bolsas, de 1700 euros anuais, aos candidatos de fora da região e que pretendam estudar numa das instituições de Ensino Superior de Beja, Évora e Portalegre.

Arraiolos entregou 60 mil euros em apoios a estudantes da terra

O Município de Arraiolos juntou cerca de meia centena de alunos e pais para a entrega de apoios aos estudantes no valor total de 60 mil euros correspondentes ao atual ano letivo. Os apoios servem para encarregados de educação comprarem livros e material escolar no ensino básico e finaciam também os estudos de estudantes do ensino superior com carência económica.

Moura vai atribuir 12 mil euros em bolsas de estudo

A Câmara Municipal de Moura abriu as candidaturas para atribuição de oito bolsas de estudo para o ensino superior. Quatro das bolsas de estudo são para o ensino superior (licenciatura ou mestrado integrado) e as outras quatro para o ensino superior técnico, num valor de 1500 euros cada.

Alcácer do Sal atribui 50 mil euros em Bolsas de Estudo

O município de Alcácer do Sal aprovou a atribuição de 20 bolsas de estudo para o ano letivo de 2018/19. As bolsas destinam-se a alunos do Ensino Superior que residam no concelho, e destas 20 bolsas, nove serão preferencialmente atribuídas a alunos anteriormente beneficiários e que continuem a reunir os requisitos necessários. Das 11 novas bolsas, uma será destinada a Cursos Técnicos Superiores Profissionais, duas para Mestrados e oito para Cursos Superiores. Como áreas prioritárias foram definidas Medicina, Enfermagem, Engenharia Civil, Economia e Gestão.

VIANA DO ALENTEJO COM BOLSAS DE ESTUDO PARA O ENSINO SUPERIOR

O município de Viana do Alentejo abre a partir de 1 de outubro as inscrições para a atribuição de bolsas de estudo aos alunos do concelho que frequentem o ensino superior. Esta Bolsa de Estudo visa ser um complemento a estudantes que tenham dificuldades económicas e aproveitamento escolar e apoiam cada estudante em 800 euros.

VIANA DO ALENTEJO APOIA ESTUDANTES DO SUPERIOR COM BOLSAS

O Município de Viana do Alentejo atribuiu bolsas de estudo a 50 alunos do concelho que frequentam o ensino superior, no ano letivo 2016/2017. A bolsa de estudo é um complemento que visa apoiar os alunos no início e prosseguimento dos estudos, que comprovem ter dificuldades económicas e tenham aproveitamento escolar.

A Bolsa de Estudo é suportada integralmente pela Câmara Municipal com o valor de 800€ por aluno e por ano letivo. 

Páginas