17 Julho 2017      12:55

Está aqui

.

De 21 a 23 de julho, a vila de Alcáçovas é palco de mais uma edição da Feira do Chocalho, promovida pelo Município de Viana do Alentejo e Junta de Freguesia de Alcáçovas, no Alentejo Central, com o apoio de associações locais.

A tradição do fabrico de chocalhos, símbolo da freguesia, uma das duas artes tradicionais, a par da olaria, que marca a identidade do concelho, ganha todo o destaque neste evento, que reforça a necessidade de salvaguardar, considerando-as fundamentais para a memória social de um povo e para a identidade cultural daquele concelho.

O papel e a importância do chocalho saíram reforçados quando em dezembro de 2015, a UNESCO o classificou como Património Cultural Imaterial com Necessidade de Salvaguarda Urgente. 
E é precisamente o chocalho que dá nome à feira que pretende preservar este símbolo oferecendo um conjunto de atividades para diferentes públicos de todas as idades, com destaque para as tradições ibéricas. Assim, entre 21 e 23 de julho, o Largo da Gamita, em Alcáçovas, vai ser palco de atividades equestres e tauromáquicas, cante alentejano, atividades desportivas, espetáculos de música com Celina da Piedade e os Grupos Corais de Alcáçovas, Jorge Palma e Camané, animações e artes performativas e também o já conhecido Summer Spot, um espaço noturno com Dj’s.

A Feira do Chocalho vai contar com exposições institucionais e empresariais, espaços destinados às tasquinhas e restauração.
 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.