22 Junho 2017      12:00

Está aqui

SR. PRESIDENTE DA CMVV, DEMITA-SE SFF!

Considero a política local uma das formas mais nobres de fazer Política. Digo isto, não por estarmos em época quase eleitoral, mas precisamente porque é neste poder político que os Representantes estão mais perto do seu Eleitorado e conhecem melhor a realidade diária dos Concelhos que governam.

Não sou daqueles que sofre do preconceito que para ser bom no exercer das suas funções, tenha que ter um grau de escolaridade superior. Aliás pelo nosso Distrito de Évora viram-se muitos bons exemplos de Presidentes de Juntas e Câmaras que não eram licenciados ou que não tinham mais que a 4ª classe. Para mim as características fundamentais para exercer as funções com competência e idoneidade são: ter visão, propostas de desenvolvimento, conhecimento do seu Concelho, isenção na gestão do poder e agir de boa fé com as suas populações.

Acontece, contudo, que haja quem extrapola os limites do seu poder. Dizia Abraham Lincoln: “Quase todos os homens são capazes de superar a adversidade, mas, se quiser pôr à prova o carácter de um Homem dê-lhe poder”.

Serve isto para comentar um caso bizarro, que tristemente aconteceu em Vila Viçosa recentemente. O Executivo CDU que governa a Câmara Municipal de Vila Viçosa (CMVV) abriu um processo em que multava por 3 000€ a Associação Humanitária dos Bombeiros de Vila Viçosa. Inacreditável os motivos que originaram esta coima: Deveu-se à substituição de ervas secas plantadas por tela e gravilha em 3 canteiros junto ao Quartel. E o Executivo CDU considerou que tais alterações necessitavam de licenciamento, mesmo com parecer contrário do Arquitecto responsável da própria Autarquia. Então, avançou com uma multa de 3 000€. Os Bombeiros de Vila Viçosa não aceitaram e levaram para Tribunal esta acção, que obviamente saíram absolvidos de pagarem tal coima.

Confesso que em Vila Viçosa já assisti a muito baixo nível no tratamento dos seus concidadãos, por parte do Sr. Presidente da CMVV, Prof. Manuel Condenado. Mas atacar de má-fé e desta forma uma Associação, ainda por mais os Bombeiros, nunca eu tinha imaginado passar sequer pelos seus pensamentos politiqueiros.

Os Bombeiros, pela sua característica humanitária e voluntária devem de certa forma ser distinguidos nos apoios financeiros em relação às outras Associações culturais ou desportivas. Contudo, parece que a CMVV, através do seu Executivo Comunista vive num Mundo à parte e não compreende as dificuldades por que passam os Bombeiros de Vila Viçosa, a par das restantes Associações Humanitárias de Bombeiros do País, querendo receber indevidamente 3 000€ por mera guerrilha política.                    

Até quando teremos políticos a exercer actividade no poder local, que não respeitam os limites do seu poder?

Até quando teremos políticos no poder local em que o seu pensamento provinciano não passa da mesquinhice e intriga política?

Até quando iremos permitir políticos que optam pela politiquice bairrista em detrimento de políticas que desenvolvam os Concelhos e proporcionem melhor qualidade de vida às suas Gentes?

O Comité Central e Distrital do Partido Comunista Português nada fazem para impedir que Pessoas assim representem o seu Partido? Valerá tudo para ganhar eleições?

Costuma-se dizer que os Políticos que nos representam, não passam de um reflexo dos Cidadãos que votam neles. No entanto não acredito, nem posso aceitar que o Executivo Comunista que tenta diabolizar Associações como as dos Bombeiros de Vila Viçosa, seja um reflexo da maior parte da População do Concelho de Vila Viçosa.

Assumo a responsabilidade das minhas palavras e depois desta derrota judicial do Executivo CDU na perseguição à Associação Humanitária dos Bombeiros de Vila Viçosa, apenas posso pedir o seguinte:

DEMITA-SE SENHOR PRESIDENTE MANUEL CONDENADO, SE FAZ FAVOR! VILA VIÇOSA AGRADECE!

Imagem de capa da CDU Distrito de Évora

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.