18 Abril 2017      10:06

Está aqui

SERPA, PODERES PRESIDENCIAIS E PAZ OCIDENTAL

Festas em Honra de Nossa Sra. De Guadalupe 2017

São as festas da minha terra natal - Serpa, onde a celebração da Páscoa se junta às Festas em Honra de Nossa Sra. De Guadalupe, a nossa padroeira. Escrevo sobre isto essencialmente por 3 razões: pela gente de Serpa, pela forma forma como vivem as festas e por todo o potencial que elas representam para a terra e para a região.

Na verdade, podemos caracterizar as festas de Serpa como um evento completo: têm uma grande dinâmica, juntam uma celebração religiosa com um toque de cultura (Cortejo Histórico e Etnográfico), de social e de convívio entre todos, representando um pedaço de história e tradição desta de terra e do Alentejo.

São estas marcas que temos de divulgar e afirmar na região, no país e além-fronteiras, é importante pensarmos numa perspectiva estratégica e mais alargada, senão corrermos o risco de ter uma coisa muito boa mas que não é conhecida por todos aqueles que a podiam conhecer.

Deixo uma nota de reconhecimento aos jovens da Comissão de Festas por todo o trabalho realizado, por todas as horas a que se dedicaram para que este evento acontecesse e por todo o esforço para a tradição perdurar.

Afinal o que é a Turquia?

É realmente curioso assistir ao caso turco e ao seu posicionamento político dentro do contexto europeu, a Turquia é aquele país que, sobretudo com o seu Presidente Erdogan, queixa-se de exclusão, de ser impedida de entrar na União Europeia, no fundo, afirma ser um Estado que quer estar do lado ocidental mas é constantemente empurrado para fora.

Contudo, quando observamos as críticas do presidente turco aos líderes europeus, quando percebemos que não se respeitam as liberdades no país (relembro todos os acontecimentos no Verão de 2016 quando ficaram em Estado de Emergência) e, mais recentemente a vitória extremamente duvidosa do referendo sobre o aumento dos poderes presidenciais (deitando por terra os poderes parlamentares), fica no mínimo a dúvida: afinal o que é a Turquia? Talvez os receios europeus em relação à sua integração não sejam assim tão infundados!

Ameaças à paz

Vivemos num tempo em que a paz já não é uma realidade inquestionável no seio dos cidadãos ocidentais! Desde os atentados que se têm verificado, inclusive em países onde menos se esperaria - a Suécia com o ataque de que foi vítima com um camião numa rua pedonal, ou em situações menos convencionais neste tipo de acontecimentos, como o ataque ao autocarro do Dortmund (embora não se saiba bem a origem dos autores), resultam num clima de insegurança a que o mundo ocidental já não estava habituado.

Como acabará a tensão que se vive entre entre os EUA e a Coreia do Norte? Espero que, pelo menos, os líderes mundias não se esqueçam que numa guerra todos perdemos, sendo normalmente os inocentes os mais prejudicados. 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.