12 Agosto 2017      06:42

Está aqui

CALOR OBRIGA A VINDIMAS ANTECIPADAS NO ALENTEJO

Pelo menos para a Casa Agrícola Alexandre Relvas, as vindimas levam este ano 3 semanas de avanço, tudo devido à seca extrema. A vindima em Redondo, no Alentejo Central, Évora e Vidigueira já começou a 1 de agosto, quando habitualmente é feita a partir da última semana deste mês.

Em declarações à agência Lusa, a que o Sapo 24 dá destaque, Alexandre Relvas diz esperar uma quebra de produção na ordem dos 45%, mas “boa qualidade” dos vinhos.

A falta de água não deixou que a planta amadurecesse toda a uva e antecipou até a maturação do fruto e, com excepção das uvas Alicante Bouschet, mais resistentes ao calor, todas as outras deverão estar recolhidas no início de setembro.

Fundada em 1997, a Casa Agrícola Alexandre Relvas produziu, em 2016, mais de 4,9 milhões de garrafas de vinho e atingiu um volume de negócios de cera de nove milhões de euros, registando ainda um aumento de 30% nas exportações.

 

CAPTCHA
Image CAPTCHA
Escreva o caracteres que vê na imagem do lado direito.