Está aqui

Juventude

ROTEIRO DO ASSOCIATIVISMO JUVENIL NO ALENTEJO FOI UM SUCESSO

Nos passados dias 16 e 17 de março o Secretário da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, Miguel Rasquinho, Diretor Regional do IPDJ no Alentejo, de membros do Conselho Diretivo do IPDJ, membros da FNAJ e da FRAJAL, fez um Roteiro pelas Associações Juvenis do Alentejo.

ALENTEJO DOCE NA ROTA DOS JOVENS EUROPEUS

Estiveram em Évora, Castelo de Vide e Marvão, uma dezena de jovens oriundos da Letónia, ao abrigo do Projeto europeu “Sweet Itineraries” (ESI).

Acompanhados por professores, os jovens estudantes de turismo letões tiveram a oportunidade de se deliciar não só com a doçaria alentejana, como também com a nacional, uma vez que a visita de 6 dias incluía também paragens em Lisboa, Sintra, Óbidos, Alcobaça, Almourol.

VIDAS DESLOCADAS

O dia começa cedo. Há trânsito a evitar pelo que um minuto de preguiça equivale a vários minutos em filas intermináveis.

Da véspera o cansaço de mais uma viagem da primeira para a segunda casa. São poucas horas de caminho mas, por vezes, a distância quase equivale a um oceano.

A rotina diária começa a ser feita. Durante o dia um telefonema para contar as peripécias do membro mais recente da família e o coração apertado por, mais uma vez, não ter estado lá.

ASSOCIAÇÃO ALENTEJANA É FINALISTA DO PRÉMIO VOLUNTARIADO JOVEM 2016

A associação Alentejo de Excelência vai participar no Dia do Voluntariado Jovem - uma iniciativa da Fundação Montepio - nos 19 e 20 de setembro e é uma das finalistas da sexta edição o Prémio Voluntariado Jovem 2016.

Esta iniciativa da Fundação Montepio, procura reconhecer, promover e divulgar o voluntariado jovem e as suas atividades e estimular a apresentação de projetos inovadores ou apoiando outros já em curso.

JUVENTUDE IBEROAMERICANA

Devido à realização do Fórum Nacional do Organismo Internacional de Juventude para a Iberoamérica (OIJ), que decorreu em Braga nos dias 29 e 30 de Agosto de 2016, auscultando jovens em representação de diversas realidades (descendentes de africanos, ciganos, LGBT, jovens com deficiência, movimento associativo juvenil, entre outros) sobre os vários problemas que a sua geração está a viver, torna-se importante reflectir sobre o papel destes na construção da política e dos valores da sociedade.

MARISA MATIAS E JOVENS ALENTEJANOS CONVERSAM SOBRE A EUROPA

“40 Anos de Portugal na União Europeia – Qual foi, é e será o papel dos Jovens?” acontece já no próximo dia 2 de setembro, no Convento de São Francisco em Castelo de Vide (Portalegre), e conta com a eurodeputada Marisa Matias.

A iniciativa pertence à Ekosiuvenis – Associação Juvenil de Castelo de Vide que promove a palestra “40 Anos de Portugal na União Europeia – Qual foi, é e será o papel dos Jovens?” surge com o objetivo de assinalar os 40 anos da adesão de Portugal à União Europeia e de perceber o que se alterou e como mudou Portugal ao longo dos anos.

CASTELO DE VIDE RECEBE UNIVERSIDADE DE VERÃO DA JSD

Vai decorrer em Castelo de Vide (Portalegre) mais uma edição da Universidade de Verão da Juventude Social Democrata, a 13ª, e que decorre sempre nesta localidade do norte-alentejano.

Na sessão de abertura, hoje às 18h, estará presente o vice-presidentes do PSD, Jorge Moreira da Silva, sendo que, amanhã, no painel “O papel do Estado: amigo do crescimento ou cúmplice da crise?”, será a vez de outra vice marcar presença, Maria Luís Albuquerque.

DIRIGENTES ALENTEJANOS NO FÓRUM INTERNACIONAL DE JUVENTUDE PARA A IBEROAMÉRICA

No final deste mês, a 29 e 30 de agosto, dois dirigentes associativos juvenis alentejanos vão representar as associações juvenis alentejanas no Fórum Nacional do Organismo Internacional de Juventude para a Iberoamérica (OIJ).

A oportunidade surge através da FNAJ – Federação Nacional das Associações Juvenis, e o Fórum Internacional de Juventude para a Iberoamérica irá realizar-se em Braga, nas instalações do Instituto Português do Desporto e Juventude.

MOBILIDADE EUROPEIA, JOVENS E DEMOCRACIA

A juventude e os valores para a construção do sonho europeu de democracia, liberdade e mobilidade de pessoas e bens, devem ser entendidos como pilares fundamentais para a sustentação da Europa como um continente de desenvolvimento, defesa dos Direitos Humanos e da paz entre os povos.

Escrever sobre estes temas vem, entre muitos outros projectos, dos últimos 2 cursos de formação que a associação a que presido, Mundus Intercultural, desenvolveu nos últimos 30 dias.

A JUVENTUDE COMO OPORTUNIDADE E SOLUÇÃO

Nos dias que correm, os países europeus, e muito em particular Portugal, lidam com a inversão da pirâmide etária e o consequente envelhecimento da população, pelo que é necessário e preponderante que as organizações ajustem as suas politicas a esta realidade.

Páginas