Está aqui

Evolução

SE QUISER MUDAR, PODE

A Física Quântica diz que criamos a Realidade com os nossos pensamentos. Há até estudos certificados sobre o tema.

Parece tudo um pouco saído de um filme como “Matrix”, ou “Origem”, mas se quer mudar e não sabe como, informamos que a resposta já está em si, na sua mente. Só tem mesmo que querer.

Como em tantas outras circunstâncias da vida, treinar o cérebro de modo a abandonar maus hábitos tem tudo a ver com a prática e a habituação, pois estas conseguirão modificar os neurónios. Qual é o caminho? Mostramos em seguida.

QUANTAS VEZES?

Existe, na nossa sociedade atual, um vício admirável pela forma como nos abstemos de o reconhecer enquanto vício. É incrível, se assim o conseguirmos conceber, a forma como acabamos por nos limitar a nós mesmos e aos outros que nos rodeiam e ainda sentir felicidade por isso. Falo hoje de rótulos, caro leitor, e da forma vergonhosa como eles ainda se entranham nos nossos sistemas e na nossa vida e, ainda mais incrível, da forma ignorante como nós os assumimos e os queremos forçar.

A ALEGRIA PURA E O SIGNIFICADO DA VIDA

Nós nascemos e morremos no mesmo dia. Porque a vida é indivisível, embora o corpo que a carrega seja como o “barco de Teseu”, que se vai remodelando e reconstruindo, moldando e morrendo a cada nova etapa. A grande diferença entre nós e o Herói trágico, é que ele, na sua essência narrativa e ficcional, desconhece o seu fim, e perdura mesmo após a sua morte, até ao final dos tempos. Enquanto que a nós, como desfecho necessário ao significado dos dias que nos atormentam, resta-nos ansiar pela morte, sorrindo perante os momentos tórridos da sua demora.

“MUDA DE VIDA, SE TU NÃO VIVES SATISFEITO”

“(…) Muda de vida, estás sempre a tempo de mudar; Muda de vida, não deves viver contrafeito; Muda de vida, se a vida em ti é de outro jeito” diz a música de António Variações, e reeditada há pouco tempo pelos Humanos.

Várias são as verdades contidas nestes versos. Mudar de vida está ao seu alcance.

ONDE ESTÁ DEUS?

Um monge budista dispôs-se a ser estudado enquanto rezava sentado numa sala com uma máquina de nome SPECT (tomografia computorizada de emissão monofotónica) com um cateter intravenoso no seu braço. Quando entra em transe, a equipa do Dr. Andrew Newberg, do Centro Myrna Brind de Medicina integral da Universidade Thomas Jefferson, em Filadélfia, Estados Unidos, injeta-lhe um rastreador radioativo. Esta substância irá preparar o seu cérebro para que possam ser captadas imagens e contrastes prodigiosos, como de fosse um retrato da alma em êxtase religioso.

RECOMEÇAR? É AGORA!

Scott Fitzgerald escreveu no “Grande Gatsby” que "a vida começa de novo quando fica crocante no outono”.

De facto, a maior parte das sociedades e culturas, ao longo de todas as épocas, têm momentos que servem como purificadores, regeneradores, de recomeço: as passagens de ano, a chegada da primavera, os equinócios etc.