Está aqui

economia

LITORAL ALENTEJANO É PILOTO EM PROJETO EUROPEU

Trata-se do projeto WETNET – Gestão coordenada e networking das zonas húmidas do Mediterrâneo e que escolheu a Lagoa de Melides, no Litoral Alentejano como área piloto para integrar em Portugal.

O projeto - aprovado e financiando no âmbito do Programa INTERREG (MED) – engloba 10 parceiros de 6 Estados Membros - Itália, Portugal, Espanha, França, Malta e Eslovénia.

O projeto, em Portugal, envolve a RCDI - Rede de Competências para o Desenvolvimento e a Inovação, em colaboração com a Câmara Municipal de Grândola.

AGRICULTURA: SECRETÁRIO DE ESTADO QUER ALENTEJO A EXPORTAR 2 MIL MILHÕES

Foi na inauguração da Faceco 2017 –  Feira das Atividades Culturais e Económicas do Concelho de Odemira, que Luis Medeiros, Secretário de Estado da Agricultura e da Alimentação estabeleceu a meta para as empresas produtoras de frutas, legumes e flores do litoral alentejano:  atingir os dois mil milhões de euros de exportações em 2020.

Luis Medeiros apresentou ainda números que mostram o crescente peso da agricultura na economia portuguesa, como, por exemplo, o aumento de oito por cento ao ano nas exportações agro-alimentares.

ALENTEJO VAI SER MAIS PROMOVIDO LÁ FORA

Ontem à tarde, no Centro de Negócios da ZILS, em Sines, foi assinado o protocolo de colaboração entre a Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL), a aicep Global Parques e a Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (EDIA) no âmbito do projeto «Alentejo Global Invest» e que vai aumentar a promoção e a projeção do Alentejo lá fora de modo aumentar também o investimento externo no Alentejo.

CONVENTO DE MOURA VAI “REVIVER”

O Convento do Carmo, em Moura, vai finalmente integrar o programa “Revive”.

O memorando de entendimento entre a Câmara Municipal de Moura, a Direção Geral do Tesouro e Finanças, a Direção Geral do Património Cultural, a Direção Regional da Cultura do Alentejo e o Turismo de Portugal já foi assinado e vai permitir ao convento alentejano integrar o pacote de incentivos ao investimento privado para desenvolvimento de projetos turísticos que envolvam a recuperação de património histórico.

O AMOR É CEGO... E EM GARRAFAS

“O amor é cego” é um dos mais conhecidos ditos populares; serve para justificar muitas vezes que uma vontade, um sentimento, um objetivo, quando é muito forte não se olha a meios para o atingir, nem se ouvem outras vozes que não a dessa vontade.

Foi o que aconteceu com João Rosado, 44 anos, natural de Évora, professor de matemática e apaixonado pela terra, pelas oliveiras e pela herança familiar.

LONGA VIDA À SUA OBRA

Comecei a acompanhar Henrique Medina Carreira em 2009, no ano em que entrei para a Faculdade. Confesso que para um jovem com 18 anos que tinha acabado de se filiar num Partido Político me fazia um pouco de confusão, ouvir Medina Carreira carregar forte e feio nos Partidos Políticos. Mas era a sua audácia, o seu rigor técnico e a sua frontalidade que me intrigavam em ver  com frequência os seus programas com Mário Crespo.

AZEITE DE MOURA SOMA E SEGUE

Os azeites alentejanos da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos continuam a recolher prémios e distinções, tendo ganho agora a medalha de ouro, na categoria ‘Denominação de Origem Protegida Azeite de Moura’ do Concurso Nacional de Azeites de Portugal 2017 e o Azeite Virgem Extra Premium recebeu o título de Finalista, na categoria ‘Frutado Maduro’ do Concurso Mario Solinas - Portugal 2017.

PASSEIOS DE BARCO ENTRE VILA NOVA DE MILFONTES E ODEMIRA

Com início no Cais da Fateixa, em Vila Nova de Milfontes, e rumo a Odemira, durante o verão, vai poder passear pelo rio Mira, um dos rios menos poluídos da Europa, em pleno Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.

A iniciativa cabe ao Município de Odemira que vê no rio Mira mais um fator de desenvolvimento turístico da região, permitindo estes passeios dar a conhecer a riqueza paisagística e os recursos naturais únicos do concelho alentejano.

ELVAS: NASCE O CENTRO DE ATENDIMENTO AO TURISTA

Após um investimento de 144 mil euros, a cidade raiana de Elvas terá um centro de atendimento ao turista, moderno e equipado para responder às novas exigências do turismo, assegura a Câmara Municipal de Elvas.

O investimento corresponde às obras de requalificação na Parada do Castelo e têm como objetivo dotar a cidade Elvas de um posto de atendimento ao turista no ponto mais alto da cidade.

A obra tem um prazo de execução de 120 dias.

 

Imagem de vamosaqui.pt

500 MILHÕES DE EUROS PARA O LITORAL ALENTEJANO

Foi apresentado pela CIMAL – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral, esta semana, um Plano de Mobilidade para a sub-região, já com o foco no novo plano de investimento, em 2025, e que visa suprimir algumas necessidades de investimento nesta área alentejana.

Páginas