Está aqui

Viticultura

AS CASTAS E A SUSTENTABILIDADE DA VITICULTURA

“A importância das castas para a sustentabilidade económica da vinha” será o tema no qual se foca o 3º Workshop - Viticultura Sustentável.

O workshop decorrerá a 30 de junho, no Convento de São Domingos, em Montemor-o-Novo, e o coordenador do projeto Europeu VINOVERT, estará presente para fazer uma apresentação deste projeto.

A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição aqui .

 

Imagem de calendarios.info

REGUENGOS: A CAPITAL DOS VINHOS DE PORTUGAL

O Concelho de Reguengos de Monsaraz já registou a denominação de “Capital dos Vinhos de Portugal”.

A ideia surgiu na sequência da cidade alentejana ter sido “Cidade Europeia do Vinho” em 2016 e de Reguengos de Monsaraz ser a maior das oito sub-regiões vitivinícolas do Alentejo - o vinho é, inevitavelmente, o motor da economia do concelho. A ideia foi a de criar uma marca que distinga o vinho produzido neste concelho.

CAMPO MAIOR ASSINALA VINDIMA COM EXPERIÊNCIA ÚNICA

Durante todo o mês de setembro a Adega Mayor, em Campo Maior, vai desenvolver a iniciativa “Experiência Vindima Mayor”.

Com esta iniciativa a adega alentejana vai assinalar o início das vindimas. O programa consiste numa oferta de enoturismo mais ambiciosa e que quer dar a conhecer aos visitantes todo o processo de “fazer vinho”, desde a apanha da uva à sua transformação em vinho.

ALENTEJO: TODA A GENTE QUER FAZER VINHO

Todos os anos os agricultores que pretendem ser viticultores devem submeter-se à aprovação do Instituto da Vinha e do Vinho.

Este ano, a vontade de produzir uvas no Alentejo excedeu a oferta – em área - que o Instituto da Vinha e do Vinho disponibilizava, para a região, em oito vezes; para os 100 hectares disponíveis para nova vinha, foram recebidas intenções de plantação superiores a 800 hectares

ALENTEJO NO TOP 10 DOS DESTINOS VINÍCOLAS

A conceituada revista de vinhos “Wine Enthusiast” distinguiu o Alentejo como um dos dez melhores destinos vinícolas para viajar em 2016, a par de Bordéus (França), Las Vegas (EUA), ou do País Basco (Espanha).

A revista norte-americana descreve a região como “rústica, charmosa e a mais relaxante de Portugal, onde se encontram tintos ‘prontos a beber’” (…) “Com quilómetros de vinhas e sobreiros, cidades históricas em colinas e praias desertas, já para não falar nos hotéis cada vez mais variados e restaurantes com o melhor do Alentejo”, pode ler-se na “Wine Enthusiast Magazine”. 

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE VITIVINICULTURA

A 10ª edição do Simpósio Internacional de Vitivinicultura terá lugar em Évora.
 
Promovido pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) e organizado com diversas instituições (oficiais e privadas como a ATEVA, a CCDR Alentejo ou a Universidade de Évora) ligadas à investigação e à produção vinícola, este evento, trianual, realiza-se de 4 e 6 de maio de 2016.
 

CONGRESSO INTERNACIONAL DA VINHA E DO VINHO

Outubro era, por norma, o mês da vindima e da celebração do vinho. Esta homenagem a esta bebida ancestral terá este ano um novo evento para a celebrar: o Congresso Internacional da Vinha e do Vinho, a realizar a 14 e 15 de outubro, na Cidade Europeia do Vinho 2015: Reguengos de Monsaraz.

MORCEGOS E VINHO?

Normalmente as pessoas temem-nos – apesar da sua grande maioria ser inofensivo para os humanos – talvez pelo imaginário criado por mitos e lendas sobre vampiros. No entanto, eles ajudam a fazer chegar um vinho de qualidade à sua mesa. Em Reguengos de Monsaraz (Évora), na Herdade do Esporão, os morcegos estão a ajudar a combater pragas de insetos nas vinhas

Em Portugal, este é um projeto inovador e pelas vinhas da Herdade do Esporão existem já 20 caixas que servem de casa a cerca de 100 morcegos.

ESPORÃO DE PORTAS ABERTAS

E será assim nos dias 20 e 21 de junho, na Herdade do Esporão, que convida os amantes do vinho e do Alentejo a visitar e explorar a herdade em Reguengos de Monsaraz.

Poderá, durante 24 horas, assistir a workshops, realizar provas de produtos regionais, assistir a concertos, realizar passeios entre outras atividades que contabilizadas em cerca de 40 no total.

O Dia Grande serve para mostrar aquela que, 2014, foi considerada uma das 100 melhores adegas do mundo, segundo a Wine & Spirits.