Está aqui

estágios profissionais

OFERECE-SE PRECARIEDADE

Há dias surgiu a notícia de uma empresa que se propõe oferecer estagiários a empresas terceiras, dando a oportunidade às mesmas de escolher se suportará algum custo com o estagiário no referente a despesas e a deslocação.

A contrario sensu, uma empresa poderá contratar um estagiário por uma quantia irrisória a pagar à empresa e ter alguém a trabalhar de borla para si.

A ideia é já de si censurável mas o mais censurável é existir mercado para este tipo de empresas, ou seja, empresas que pretendem trabalho praticamente escravo.

Velhas medidas e um novo desafio

Recentemente, o Primeiro-Ministro veio afirmar que o facto de se registar um número elevado de emigração jovem, em nada contribuiu para a diminuição dos números do desemprego.

Com uma fundamentação completamente desfasada da realidade, Passos Coelho tenta separar as águas entre dois factores inseparáveis.

É uma operação aritmética simples: Mais pessoas a sair, menos candidatos a eventuais empregos em Portugal, não há muito que saber.