Está aqui

Educação

Ensino à Distância? E Aprendizagem à Distância importa?

Iniciámos na passada semana (não sabemos até quando) mais um período de Ensino a Distância, hoje bastante mais preparados e menos surpreendidos pelo choque e pelo corte abrupto causado em março do ano passado.

Moura avança com Centro Escolar dos Bombeiros Voluntários

Está aprovado o projeto de execução de arquitetura e especialidades da Escola Básica dos Bombeiros Voluntários de Moura.

Este futuro Centro Escolar integra a 1.a fase de Renovação da Rede Escolar da Cidade e irá adaptar e requalificar o edifício existente, ampliando-o de modo a garantir a segurança adequados e criar espaços fluídos, com áreas de aulas, de recreio, de trabalho, de permanência e de encontro entre alunos, pais, docentes e auxiliares, permitindo o desenvolvimento da atividade educacional e da delineação de um percurso educativo de sucesso.

Municípios alentejanos com programas de apoio financeiro a empresas e famílias

Reguengos de Monsaraz vai apoiar as famílias, associações, instituições sociais, empresas e empresários através isenção total do pagamento do valor da tarifa fixa de abastecimento de água aos consumidores domésticos nos meses com estado de emergência, com início no processamento referente aos consumos de janeiro e, segundo as previsões, até março.

Elvas transforma lagar em residência para estudantes

Será com um investimento superior a 3 milhões de euros que a Câmara de Elvas vai transformar antigo lagar em residência para estudantes.

Esta reabilitação e adaptação do antigo Lagar dos Lopes a residência de estudantes estará a cargo da empresa Senpapor e a futura residência virá a ter a capacidade para acolher 70 estudantes da Escola Superior Agrária de Elvas, polo do Instituto Politécnico de Portalegre.

 

Imagem de espacodearquitetura.com

Marvão investe 2,8M€ para requalificar escola

A Câmara Municipal de Marvão assinou um contrato para requalificação da Escola Básica de Ammaia, na Portagem.

Esta requalificação – com prazo de execução de 1 ano – vai dotar a escola com melhores condições e com equipamento mais funcional, elevando o nível do conforto, acessibilidade, mobilidade e segurança, com salas adaptadas ao nível de material didático e, por exemplo, com um elevador.

Educação em tempo de pandemia Um Mi(ni)stério de oportunidades perdidas

Em tempos de pandemia todos os setores da vida têm passado por dificuldades das mais variadas índoles. Dificuldades nunca antes experimentadas, nem tão pouco imaginadas nas nossas piores conjeturas. As escolas não têm sido, nem poderiam ser alheias a essas dificuldades e, de um modo geral, todos os que contribuem para o seu funcionamento, têm feito um enorme esforço para as manter abertas numa tão diferente “normalidade”.

Estudante da Universidade de Évora nos vencedores do prémio Santander UNI.COVID 19

Há uma estudante da Universidade de Évora e que está entre as galardoadas com o prémio Santander UNI.COVID 19.

Chama-se Heloísa Botelho e é mestranda de Ciências da Educação, Administração, Regulação e Políticas Educativas da Universidade de Évora que foi distinguida pelo seu projeto "O protagonismo da Mulher em tempos de COVID-19”.

As normas de Denver e o desenvolvimento motor entre um mês e seis anos de idade

As normas de Denver permitem avaliar o desenvolvimento motor de crianças com idades entre um mês e seis anos.

Através do teste de Denver II é possível identificar os ganhos contínuos que a criança adquire ao nível das suas competências sociais/relacionais, linguagem e motricidade grossa e fina (Frankenburg et al., 1992). Deste modo, espera-se que aos quatro meses de idade a criança possa evidenciar controlo da sua cabeça.

Jovens alentejanos premiados na Mostra Nacional de Ciência

Jovens alentejanos, da Escola Secundária de Odemira, foram premiados na 14ª Mostra Nacional de Ciência, promovida pela Fundação da Juventude.

Com 54 projetos a concurso, de diversas áreas de estudo - Bioeconomia, Biologia, Ciências do Ambiente, Ciências Sociais, Economia, Engenharias, Física, Informática e Ciências da Computação, Matemática e Química – envolveram mais de 100 jovens cientistas, orientados por 31 professores.

Viana do Alentejo atribui bolsas de estudo

Foram 68 os alunos que se candidataram às Bolsas de Estudo atribuídas pelo Município de Viana do Alentejo, no ano letivo 2020/2021.

Em Viana do Alentejo, os apoios que vêm sendo atribuídos anualmente, a estudantes do ensino superior conheceram assim um aumento e a Bolsa de Estudo é suportada integralmente pela Câmara Municipal, durante 10 meses, com o valor mensal de 80,00€, ou seja, 800,00€ por aluno e por ano letivo.

Esta foi mais uma medida do município de modo a combater as dificuldades económicas provocadas pelas medidas de combate e contenção da Covid-19.

 

Páginas