Está aqui

Artigos publicados

Fakebook

Depois dos recentes escândalos que fizeram abanar a estrutura do Facebook e tremer a sua hegemonia, Mark Zuckerberg revelou aquilo que muitos de nós já desconfiávamos: o Facebook analisa o conteúdo partilhado em privado do mesmo modo que analisa o conteúdo público.

Évora!... O teu olhar... O teu perfil...

Hoje, celebra-se o Dia Nacional dos Centros Históricos Portugueses, evento formalmente criado em 28 de março de 1993 e cuja data homenageia o seu patrono Alexandre Herculano, nascido a 1810.

A água não se esgota no debate, esgota-se na torneira

Há coisa de um mês, presenciámos um enorme feito da humanidade, a SpaceX lançou para o espaço um foguetão gigante, seguro, confiável e, acima de tudo, reaproveitável, que colocou em órbita um Tesla Roadster. Embora, ao volante do carro seguisse apenas um boneco vestido de astronauta, o mundo pôde assistir em direto às imagens mais fascinantes que um condutor pode ter do Planeta Azul.

A História repete-se no Condomínio Ibérico

Mais uma vez Portugal não foi ouvido e a legislação comunitária foi ignorada por parte do governo espanhol, que defende a todo custo os interesses da indústria nuclear espanhola sem olhar a meios para atingir os fins, ou seja, prolongar a exploração energética de todo o seu parque nuclear até 60 anos. Portugal merece mais respeito!

REFORÇAR O DIREITO DOS TRABALHADORES

Os dados divulgados a 7 de fevereiro pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) revelam que a taxa de desemprego do 4.º trimestre de 2017 baixou 2,4% em relação ao trimestre homólogo de 2016, situando-se agora em 8,1%.

Não obstante, os resultados publicados, os números do INE, também, revelam que os vínculos de trabalho precários no emprego por conta de outrem são superiores aos apurados no tempo da Troika.

SR. MINISTRO, QUE A JUSTIÇA APLIQUE MÃO PESADA AOS INFRATORES

 

São inúmeros e recorrentes os episódios de poluição registados no rio Tejo e como é óbvio há sempre os suspeitos do costume. Na semana passada ocorreu outro atentado ambiental no Tejo.

Importa aqui salientar que Inspecção-Geral do Ambiente considera “inaceitável” o caso de poluição verificado no Tejo e que ao longo dos últimos anos o Ministério do Ambiente tem, de facto, direcionado esforços para encontrar algumas soluções.

TERRA IMENSA, ÁGUA A SUL

O Alentejo interior sempre foi sinónimo de terra sofrida, secura e calor, tal como exprimiu o poeta João de Vasconcellos e Sá:

“Raia o sol!
E em dois minutos
os prados ficam enxutos;
toda a ribeira secou!
E morrem de sede as crias
no lugar onde há dois dias
a mãe delas se afogou.”

APATIA E IMORALIDADE

Em termos políticos, o ano de 2017 fica marcado, em Portugal, pela decadência moral e pela rejeição de princípios, mas também, pela desonestidade intelectual e pela ausência de pensamento político transformador.

ATÉ QUANDO VAMOS TOLERAR ESTA SITUAÇÃO?

Em Portugal a promiscuidade entre política e negócios é o principal responsável pelo aumento brutal de impostos que sobrecarrega o contribuinte, asfixia as famílias, desvirtua a solidariedade, favorece o compadrio e promove o corporativismo.

A corrupção só subsiste enquanto houver um corruptor e um corrompido. No entanto, para que esta atividade se torne lucrativa é imprescindível que haja um instrumento facilitador que permita o encobrimento das origens do dinheiro e a ocultação da identidade do beneficiário final.

GLIFOSATO: UMA DECISÃO DE COMPADRES

Para que não restem dúvidas: o principio da precaução foi colocado na gaveta no dia 27 de novembro de 2017 pela União Europeia, data em que o Comité de Recurso da União Europeia tomou uma clara opção pelo agronegócio, pronunciando-se a favor da renovação do uso do glifosato por (mais) cinco anos no espaço europeu, com uma maioria qualificada de 18 Estados Membros. Portugal absteve-se e nove estados votaram contra.

Páginas