Está aqui

Artigos publicados

Estremoz inaugura novo Centro Interpretativo do Boneco de Estremoz

O Centro Interpretativo do Boneco de Estremoz vai ser inaugurado no próximo dia 9 de agosto, pelas 11:00, no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, naquela cidade alentejana.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Estremoz refere que a sessão contempla o descerramento da placa evocativa do momento, além de um momento musical com Rui Moura e uma visita guiada ao espaço pelo responsável técnico do projeto, Hugo Guerreiro.

Alentejo é a segunda região onde as dormidas de residentes aumentaram

No primeiro semestre do ano, registaram-se crescimentos no número de dormidas de residentes na Região Autónoma dos Açores (+28,2%) e no Alentejo (+15,4%), enquanto as restantes regiões apresentaram diminuições, segundo os dados revelados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Alentejo contribui para aumento da produção de vinho em Portugal

A produção de vinho em Portugal deve aumentar cerca de 1% em 2021, em relação à campanha anterior, para um volume total próximo dos 6,472 milhões de hectolitros.

De acordo com o Jornal de Negócios, as regiões do Douro e Porto (+20%) e do Alentejo (+5%) são as que, em volume, apresentam maiores subidas homólogas, sendo que ambos os crescimentos correspondem a aumentos superiores a 250 mil e 50 mil hectolitros, respetivamente.

Obra do Hospital Central do Alentejo a cargo da empresa Acciona

A obra do Hospital Central do Alentejo, que envolve um investimento total de cerca de 210 milhões de euros e vai ficar situado em Évora, foi consignada esta sexta-feira pela Administração Regional de Saúde à empresa Acciona.

Em comunicado, citaod pela agência Lusa, a Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo revelou que o auto de consignação da obra foi assinado esta sexta-feira, numa cerimónia com o presidente deste organismo, José Robalo, e representantes da Acciona.

Marvão disponibiliza 7 mil euros a famílias carenciadas

A Câmara Municipal de Marvão anunciou a abertura de candidaturas ao Fundo Municipal de Emergência Social, que vai disponibilizar uma verba de 7 mil euros às famílias a atravessar dificuldades económicas.

Em declarações à Rádio Portalegre, Luís Vitorino, presidente da autarquia, afirmou que esta medida visa assegurar o pagamento das despesas, de modo célere, tendo em conta o agravamento das dificuldades económicas em contexto de pandemia.

Maior venda de canábis medicinal da UE sai de Aljustrel

A RPK Biopharma anunciou a primeira venda de canábis medicinal a granel produzido na sua exploração no concelho de Aljustrel, em Beja, naquela que será “a maior transação” do género “conhecida na União Europeia até à data”.

Em comunicado, citado pela agência Lusa, a empresa canadiana Flowr Corporation, proprietária da RPK Biopharma, revelou que o acordo de fornecimento “de biomassa de canábis medicinal com alto teor de THC” [tetra-hidrocanabinol, composto derivado destas plantas] foi celebrado com a Galaxiavertical (Galaxia), pelo montante “de aproximadamente 500 mil euros”.

Centro Interpretativo de Évora abre portas ao público

A partir de amanhã, sábado, o Centro Interpretativo da Cidade de Évora, instalado no Palácio de D. Manuel, abre portas ao público, divulga a autarquia em comunicado.

O Palácio de D. Manuel, após uma intervenção de requalificação e inaugurado no passado dia 29 de junho, alberga agora o Centro Interpretativo da Cidade de Évora, além de uma sala de exposições temporárias e de uma sala de conferências totalmente equipada.

Governo assina hoje contrato de financiamento para barragem do Pisão

O Governo vai assinar hoje, sexta-feira, o contrato de financiamento com a Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA) para a construção da barragem do Pisão, no concelho de Crato, em Portalegre, no valor de 120 milhões de euros.

Em comunicado, citado pela agência Lusa, a CIMAA revelou que, a partir das 10:30 de sexta-feira, no concelho de Crato, decorre a sessão oficial de lançamento do projeto e assinatura do respetivo contrato de financiamento, que engloba os 120 milhões de investimento já inscritos no Programa de Recuperação e Resiliência (PRR).

Alentejo tem “qualidade de vida” mas faltam “medidas fortes” para fixar pessoas

No âmbito do decréscimo populacional expressivo no Alentejo, revelado pelos dados preliminares dos Censos 2021, Carlos Pinto de Sá, presidente da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), afirma que esta “é uma preocupação que permanece e que se aprofunda”.

Em declarações à Renascença, o também autarca de Évora refere que “o que temos vindo a assistir nos últimos anos é, exatamente, a um agravamento da saída de pessoas sem a sua substituição”.

Ordenamento da Orla Costeira do Litoral Alentejano em discussão pública

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) alertou para a necessidade de rever o Plano de Ordenamento da Orla Costeira entre o cabo Espichel e Odeceixe, que se estende ao longo de 220 quilómetros. O POC-EO, disponível para discussão pública, abrange as águas marítimas costeiras e interiores e os respetivos leitos e margens, assim como as faixas de proteção marítimas e terrestres inseridas nos municípios de Sesimbra, Setúbal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines e Odemira.

Páginas