Está aqui

Unidade de Cuidados Intensivos

Bactéria multirresistente transmissível força encerramento da Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de Évora

Uma bactéria multirresistente detetada na Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), obrigou hoje ao seu encerramento, por uma duração de 24h00, até que seja feita a esterilização, de acordo com os protocolos para aquele tipo de evento.

Armindo Ribeiro, secretário regional do Alentejo do Sindicato Independente dos Médicos (SIM) fala em bactéria transmissível, que obriga a imediata esterilização da UCI.

 

Imagem de capa de spdm.org.br