Está aqui

Serpa

Herdade em Serpa aumenta produção de azeite em contraciclo

A apanha da azeitona já começou, e de acordo com o Instituto Nacional de Estatística, o setor deverá sofrer uma redução de 30% face ao ano anterior, cumprindo a tradição de a um ano de safra seguir-se um de contrassafra. Contudo, a Herdade de Maria da Guarda, no Alentejo, é uma exceção.

Herdade Maria da Guarda prevê produzir 1,5 milhões de kg de azeite

A Casa Agrícola Herdade Maria da Guarda (HMG), em Serpa, antecipa um bom ano de produção, melhor que no ano passado, devendo ficar nos 1,5 milhões de kg de azeite, com azeitona de grande qualidade, avança o portal Grande Consumo.

Num ano em que o setor agrícola foi fortemente marcado pelos efeitos da pandemia, que obrigaram a ajustes na atividade diária, a HMG continuou a laborar a 100% sem condicionantes na produção, embora cumprindo novos procedimentos de segurança.

Baixo Alentejo: falta de meios aéreos no combate a incêndios provoca reclamação e reunião com o Governo

Os municípios de Moura, Barrancos, Mértola e Serpa solicitaram uma audiência ao Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, com carácter de urgência e de modo a receber explicações pela perda do único meio aéreo de ataque inicial de combate a incêndios rurais e que estava situado no Centro de Meios Aéreos de Moura.

A perda deste meio vem expressa nas orientações emanadas na Diretiva Nacional n.o2 – DECIR 2020.

Lampreia, Porco ou Queijo de Serpa: o que prefere?

São três belas iguarias alentejanas que aqui se apresentam: Lampreia, Porco e Queijo de Serpa. Qual prefere?

Em Gavião, de 29 de fevereiro a 29 de março, decorrerá o Mês da Lampreia. Durante este período, sete restaurantes do concelho, a lampreia será o prato predileto e no menu constará de vários modos, com especial destaque para o arroz de lampreia.

Feira em Serpa é o paraíso para os amantes de queijo

O queijo é um vício e o impacto que tem nos apreciadores é particularmente potente por causa da caseína, uma substância põe os recetores opióides do cérebro (ligados ao vício) em alerta. Fica a perceber porque não consegue parar de comer queijo.

Serpa: Exposição sobre Anne Frank lembra o horror e as vítimas do nazismo

Serpa tem uma extraordinária exposição sobre a história de Anne Frank, desenhada pela Anne Frank House de Amsterdão, Holanda, e que leva-nos, através da perspetiva da família da adolescente alemã de origem judaica, a compreender ou pelos menos aproximarmo-nos disso, à história das vítimas do Holocausto, perpetrado pelo regime nazi, na Alemanha da II Grande Guerra.

Queijo de Serpa com 5 mil anos de tradição

Para datar com alguma segurança o aparecimento do queijo, é preciso recuar ao momento em que a humanidade domesticou as ovelhas, ou seja entre o ano 8 000 e o ano 3 000 antes de Cristo, uma margem mais que segura, portanto.

Em Serpa e associado ao grande evento de queijos que lá decorrerá em 28, 29 de fevereiro e 1 de março, a Feira do Queijo do Alentejo, a organização situa o aparecimento do queijo naquela região precisamente a 3 000 anos antes de Cristo.

Campeã do Mundo de Remo vai participar na regata alentejana

Diana Dymchenco (remadora internacional pela Ucrânia, com longo palmarés na modalidade), que vai estar na Barragem do Pedrógão, entre os dias 15 e 17 de novembro, sagrou-se Campeã do Mundo de Remo de Mar, no último fim de semana, em Hong Kong.

A remadora ucraniana é uma dos 46 Participantes inscritas na edição 2019 da Regata Odiana, que conta com Atletas de diferentes nacionalidades, incluindo Portugal, Estados Unidos, Espanha, Bangladesh e Polónia.

Rali de Clássicos atravessa o Alentejo em 48 Horas

A vigésima quarta edição do 48 Horas Alentejo, uma das mais notáveis provas de automóveis clássicos de Portugal, regressa nos dias 1, 2 e 3 de Novembro à planície alentejana. Na sua edição de 2019, este rali de regularidade histórico, organizado pelo Portugal Classic em conjunto com o Clube Português de Automóveis Antigos, vai contar com um percurso que irá percorrer os concelhos de Beja, Serpa, Moura, Vidigueira, Ferreira do Alentejo e Grândola. 

Serpa investe 2 milhões em Centro Tecnológico Agro-alimentar

Ao todo o município de Serpa, no Baixo Alentejo, pretende investir cerca de 2 milhões de euros na criação de um centro de investigação, desenvolvimento tecnológico e inovação empresarial no sector agro-alimentar no Alentejo.

O centro vai arrancar com três linhas piloto semi-industriais (uma para produtos hortofrutícolas, uma para produtos lácteos e outra para produtos de pastelaria e panificação) e um laboratório para apoio a ensaios e experimentação na área agro-alimentar.

Páginas