Está aqui

Robcork

Portalegre: Luís Testa quer esclarecimentos acerca da corticeira Robcork

A situação da corticeira de Portalegre, Robcork, motivou o deputado eleito por Portalegre Luís Testa e o grupo parlamentar do Partido Socialista a questionar os Ministérios das Finanças e Economia sobre o futuro desta unidade.

A fábrica da Robcork, inaugurada em 2015 e teve na sua base a cultura e os trabalhadores da centenária fábrica Robinson, foi enviada para liquidação em janeiro do presente ano, em assembleia realizada no Tribunal da Comarca de Portalegre. Os créditos montam a 12,9 milhões de euros, dos quais 8,1 milhões pertencem à Caixa Geral de Depósitos.