Está aqui

Ricardo de Oliveira Ai-Ai

O flagelo dos migrantes de Ceuta? Acontece quando se varrem problemas para debaixo do tapete.

As imagens que nos têm chegado de Ceuta e dos milhares de migrantes que, a nado, passaram a fronteira marroquina com Espanha são simultaneamente dramáticas e aterradoras. Quem não se sente aterrorizado ao ver um bebé de meses a ser salvo do mar, em situação quase hipotérmica e de afogamento eminente, não será filho de boa gente.

Blockchain, o novo “Novo Mundo”

Blockchain, Bitcoin e Criptomoedas, são três termos que já começam a não ser possíveis de evitar, até pelos menos atentos. É já comum ouvirem-se ocasionalmente estas expressões nos vários meios de comunicação, no entanto, a informação que nos vai chegando atualmente ainda peca pela escassez e superficialidade. O desconhecimento da sociedade face a estes temas é ainda muito acentuado, havendo consequentemente uma postura de desconfiança e cepticismo quando se fala do assunto.

O Chega está a fazer no Alentejo o mesmo que fez o PCP nos anos 70

Está a dar algo em que acreditar a quem se sente explorado, esquecido, abandonado e desconsiderado, ainda que as suas soluções sejam intangíveis, fantasiosas, simplistas e insignificantes como eram as do PCP.

“Cultura de Cancelamento”, o cianeto das democracias

A expressão “cultura de cancelamento” tem vindo a marcar cada vez mais uma presença frequente no palavreado da opinião pública ocidental, sendo ela todo um conceito ancestralíssimo nas várias sociedades humanas ao longo da nossa história civilizacional. Os gregos chamavam-lhe “ostracismo”, que consistia numa punição onde quem fosse declarado culpado de atentados contra a liberdade pública era severamente condenado a abandonar a Cidade-Estado durante um período de dez anos.

Das decapitações e fuzilamentos da nova vaga de terrorismo às malfadadas aulas de Cidadania

Não é necessário estar muito atento às notícias para entender que assistimos hoje ao ressurgimento de uma nova vaga de terrorismo jihadista na Europa. Em França há decapitações na via pública por via de um professor ter mostrado caricaturas de Maomé numa aula sobre liberdade de expressão. Na Áustria um homem passeia-se por Viena com armamento de guerra matando tudo quanto encontra. Assim estamos, mais uma vez.

Adeus, Europa

É o título do filme que retrata o exílio do magnânimo escritor Stefan Zweig no Brasil, obrigado a abandonar a sua Europa que se auto destruía na Segunda Guerra Mundial, e que o perseguia na condição de judeu.

Ferro Rodrigues e a “vergonha” (alheia)

Assistimos no debate parlamentar da última quinta feira a mais um infeliz momento da fraca figura política que é o Presidente da Assembleia República em funções. Eduardo Ferro Rodrigues adverte o deputado do Chega para o uso excessivo da palavra “vergonha” nas suas intervenções, e para, como tal, isso pode ser um insulto para o parlamento.

Região Autónoma do Alentejo. É inevitável e inegociável

Enfim, a regionalização voltou à discussão pública. Imprensa, partidos e Presidente da República já não negam que o tema voltou a aquecer 21 anos após o referendo.

Putin: “O liberalismo tornou-se uma teoria obsoleta”

Decorreu recentemente a Cimeira do G20 de 2019 em Osaka, onde fomos presenteados com esta declaração de Putin, que defende que o liberalismo está obsoleto e com o seu propósito ultrapassado.

Não deixa de ser interessante que esta declaração venha da voz de um político que não só, nunca acreditou no liberalismo, como lidera um país onde o liberalismo nunca existiu na prática.

Todavia, Putin têm razão, e ao mesmo tempo não.

Negócio de futuro? O desenvolvimento

A história da humanidade é a história de uma migração. Desde que o ser humano se começa a afirmar no seu habitat como líder da cadeia alimentar, este começa também a expandir-se por todos os territórios do planeta em busca de novos recursos e regiões mais prósperas.

Páginas